O que é gestão por competência e como aplicá-la?

Você já ouviu falar sobre gestão por competência? Já esteve diante de uma empresa que aplicava gestão por competência?

Vamos te explicar tudo sobre isso agora!

Uma empresa precisa ter os seus setores muito bem estruturados para fazer tudo funcionar perfeitamente e isso também acaba se expandindo para as formas de gestão.

Por exemplo, cada colaborador deve ser um pilar dentro do negócio e, quando eles são devidamente treinados para gerir e cumprir com seus compromissos acerca do que é gestão por competência, tudo vai bem.

A gestão por competência tem como base um sistema organizado, que avalia não apenas o desempenho dos funcionários, mas também os ensina a exercer as suas funções da melhor maneira possível, bem como seus superiores conseguem gerir, da melhor maneira possível, cada um de seus grupos com base nas habilidades apresentadas.

Atualmente, os profissionais do RH precisam saber identificar esses grupos para inseri-los corretamente no funcionamento da empresa. 

Neste artigo, você poderá saber mais sobre esse tipo de gestão e, também, como lidar da maneira correta com os colaboradores para estimular sua produtividade e comprometimento para com suas funções. Por isso, não deixe de continuar a leitura para descobrir facilitadores para o seu crescimento no mercado.

O que é gestão por competência?

Se você está se perguntando o que é gestão por competência e quais as principais maneiras de aplicá-la assertivamente na sua empresa, comecemos por partes. 

Esse tipo de gestão é caracterizada pela observação e assimilação do comportamento, habilidade e conhecimento de cada colaborador de um determinado negócio.

Dessa maneira, fica mais fácil entregar aos funcionários de um determinado lugar funções que se encaixem exatamente com os seus perfis. 

Essa tática gera muito mais comprometimento e produtividade por parte da equipe, visto que eles se sentem à vontade para exercer seus respectivos cargos, onde não encontram dificuldades para colocar o que foi pedido em prática.

Sabendo o que é gestão por competência, podemos lembrar, também, que essa estratégia metodológica foi criada pela Gestão de Recursos humanos com o foco em analisar, bem como identificar e gerir, de maneira adequada, os colaboradores com base no que eles foram capazes de mostrar em uma fase de triagem.

É válido ressaltar, também, que um negócio não consegue se manter por muito tempo quando os seus colaboradores não estão satisfeitos com o cargo que exercem. 

Dessa maneira, com as adaptações necessárias e a demonstração de que os seus superiores se importam, eles podem se moldar às funções estabelecidas e entregar resultados cada vez melhores.

Principais objetivos

A verdade é que o principal objetivo da gestão por competência está diretamente ligado com o desenvolvimento dos colaboradores. 

Com essa triagem, será possível oferecer a eles cursos que os ajudem a desenvolver cada mais as suas habilidades, melhorando sua eficiência dentro do trabalho, fazendo com que a produtividade elevada venha como consequência.

Além disso, as empresas também são capazes de lucrar com esse tipo de metodologia, visto que os retornos são quase instantâneos

Quando as competências individuais e coletivas são colocadas a prova, os colaboradores irão se esforçar ao máximo para mostrar do que realmente são capazes.

Perfis profissionais existentes dentro do método

gestão por competência

A verdade é que o modelo de gestão por competência entrega uma maior assertividade para os lucros de um negócio, bem como aumenta a reputação da empresa. 

Pensando por esse lado, você deve estar se perguntando quais são os perfis profissionais mais visados. Essa pergunta é fácil de ser respondida. São eles:

  • Líderes – capazes de guiar outros colaboradores para atingir metas;
  • Flexíveis – que poderão exercer mais de uma função com excelência;
  • Criativos – capazes de sair de uma situação complexa usando o poder do pensamento e das ideias;
  • Negociadores – capazes de dialogar para chegar a um objetivo;
  • Conhecedores de informática – que serão capazes de ajustar possíveis problemas relacionados aos sites ou outras áreas tecnológicas da empresa.

Quando é viável aplicar a gestão por competência?

Agora que você já entendeu o que é a gestão por competência, é necessário pensar o momento mais adequado para começar a colocá-la em prática. 

Antes de mais nada, será preciso escolher quais competências organizacionais centrais precisarão ser desenvolvidas para o seu negócio.

Uma das dicas mais valiosas para começar essa organização é que sempre há uma competência extremamente necessária para o seu negócio. Caso a sua empresa lide com o público, focar em habilidades comportamentais pode ser uma ótima ideia, pois profissionais com essas características são capazes de apaziguar qualquer situação.

Para saber quando é viável aplicar a gestão por competência no seu negócio, será necessário avaliar o que, de fato, é necessário para crescer. 

Quais são as habilidades presentes na sua corporação, os comportamentos e os conhecimentos que precisarão ser desenvolvidos para chegar a um bom resultado?

Para cada competência definida, é possível escolher um perfil capaz de incluir uma descrição curta. 

Assim, ficará mais fácil fazer uma divisão entre os seus colaboradores e como, de fato, eles poderão aumentar a produtividade do local onde trabalham, ajudando-o a crescer tanto em qualidade quanto em popularidade.

Desafios da metodologia na prática

Assim como todo método que pode ser aplicado com o intuito de crescer em um negócio, a gestão por competência também precisará encarar alguns desafios. 

Ainda que a prática seja capaz de melhorar o modo de gerir, ela também poderá entregar obstáculos que serão facilmente superados com muita atenção e cuidado.

O primeiro deles será conseguir convencer outros departamentos acerca da importância desse processo de divisão dos colaboradores. 

O ideal seria procurar uma forma ágil e correta de educar os outros gestores sobre o porquê de aplicar a gestão com base em competências para fornecer um crescimento satisfatório da empresa.

O segundo desafio está ligado a algo que já foi mencionado anteriormente: a identificação das competências. 

Como a maior parte dos colaboradores já foram escolhidos em outro processo seletivo, será necessário aplicar um teste com perguntas corretamente direcionadas para que você possa saber onde posicionar cada um dos funcionários.

Por fim, será necessário aliar a gestão por competência às metas já estabelecidas para a sua empresa. 

Sempre é importante que um negócio se mantenha coerente aos objetivos propostos em sua fundação. Sendo assim, busque priorizar os pontos positivos da metodologia com relação às atividades da empresa.

Veja como criar metas com o método SMART abaixo:

Diferença entre competência e desempenho

Atualmente, ambas as abordagens são muito utilizadas pelo mercado, tanto para melhorar a qualidade do serviço entregue como para ampliar a reputação da empresa. 

Dessa forma, os modelos de gestão acabam se baseando em ambos os pilares para encontrar uma boa forma de levar as atividades adiante.

Sabendo o que é a gestão por competência, é importante lembrar que ela está diretamente voltada para um desenvolvimento profissional em larga escala. Ainda que as habilidades sejam mais priorizadas, as metas não poderão ser deixadas de lado em momento algum caso o sucesso seja visado.

Sendo assim, o principal diferencial entre competência e desempenho está em sua associação efetiva, tomando como base as necessidades de uma empresa e os atributos que ela oferece para os seus colaboradores. 

Isso quer dizer que de nada adianta ter um grupo com muitas habilidades, mas que não ofereça um desempenho satisfatório.

Veja também nosso vídeo sobre como motivar sua equipe abaixo:

Quais empresas escolhem essa gestão?

gestão por competência

As empresas que levam em maior consideração a gestão por competência estão mais voltadas para o capital humano. Isso quer dizer que os colaboradores devem ser colocados no topo para entregar tudo de positivo que possuem. Nesse caso, as habilidades valem mais do que uma distribuição aleatória de funcionários.

Na maior parte dos casos, as empresas que utilizam a metodologia estão relacionadas com um contato direto com o público ou com uma gestão mais ampla de negociação. Ainda é possível observar o método aplicado em negócios voltados para a informática, onde é necessário ter habilidades para lidar com softwares.

Quais as vantagens de aplicar a gestão por competência?

Um dos primeiros benefícios que a gestão por competência pode oferecer é um aumento exponencial na produtividade

Quando é possível utilizar essas habilidades a favor do seu negócio, ainda mais se tratando de soft skills, é possível que os colaboradores se engajem mais em prol da busca por resultados positivos.

Por falar em resultados, adotar a metodologia também faz com que a sua empresa se posicione cada vez melhor no mercado. Isso quer dizer que, rapidamente, você poderá se ver no topo graças à utilização de competências inerentes a cada grupo de funcionários selecionado.

Ainda é possível constatar que o clima organizacional ficará mais leve. Quando os colaboradores aprendem a trabalhar melhor as suas habilidades, colocando-as em prática para atingir um desempenho melhor, será possível que o seu potencial se eleve cada vez mais, principalmente no que se refere à afinidade entre equipes.

Ao saber o que é gestão por competência, será possível ampliar os resultados da sua empresa. 

Além disso, se você gostou deste artigo e quer saber como melhorar o desempenho do seu negócio cada vez mais, não deixe de continuar acompanhando outros conteúdos do nosso blog!

Autor

Sou graduado em Jornalismo pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), pós-graduação em Jornalismo Esportivo pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG), especialização em revisão pela Unicamp, além de cursos de revisão e otimização de textos pela Rock Content.

Escreva um Comentário