Networking: como fazer, o que é e para que serve?

Para crescer e se destacar no mercado de trabalho, é muito importante ter uma boa rede de contatos. E é possível conquistar bons relacionamentos aprendendo o que é networking e como fazer.

No mercado de engenharia, por exemplo, uma área de atuação altamente competitiva, a disputa por uma vaga de emprego é bastante acirrada. Para se destacar, muitos profissionais recorrem a técnicas de networking para conseguir boas oportunidades.

É por meio delas que você vai entrar em contato com outros engenheiros profissionais que podem, um dia, ser referências do seu trabalho ou até mesmo se transformarem em parceiros importantes.

Essa mesma dinâmica funciona para os demais setores do mercado de trabalho.

Pensando nisso, preparamos um post completo sobre como fazer networking.

Mas antes explicamos o que é networking e para que serve e também alguns exemplos de comportamentos que demonstram a abertura para novas relações de trabalho. Confira!

O que é networking e para que serve?

A palavra ‘networking’ vem do inglês ‘network‘ que significa rede de contatos de trabalho, mas também pode ser compreendida como uma rede de relacionamentos.

Portanto, networking é a iniciativa/ato de fazer conexões para ampliar sua rede de contatos na sua área profissional.

Ou seja, fazendo networking, você amplia o seu network. E como conhecer pessoas é a chave para abrir novos caminhos profissionais, se relacionar é essencial.

Mapa mental do networking. Fonte: Unicesumar.

Para que serve?

O networking serve para abrir portas para novas oportunidades profissionais.

Seja essas oportunidades uma mudança de carreira ou a possibilidade de colaborar com profissionais experientes do mercado ou participar de projetos promovidos por eles.

A iniciativa de fazer networking deve ser motivada pelo fato de que é natural querer aprender e evoluir na carreira.

Ao contrário do que muita gente pressupõe, o networking não serve para puxar saco, mandar um currículo para quem você acabou de conhecer ou chamar para um café do nada alguém com quem você não tem abertura para tal.

Fazer networking é algo espontâneo. Estar em ambientes físicos e digitais onde pessoas com interesses e experiências comuns se encontram, é uma forma de abrir novos caminhos e parcerias.

Exemplos de networking

Um exemplo simples de como fazer networking é estar em contato com outras pessoas da sua área. Como sua área, considere pessoas além da sua empresa atual.

Com certeza sua empresa tem parceiros de áreas complementares que colaboram em projetos, certo? Essas pessoas podem ser canais para novas oportunidades.

Claro que você precisa ir além de um interesse imediato para criar um bom relacionamento. Conversas, trocas de materiais, de indicações de pesquisas, de tendências do mercado são formas de manter e enriquecer essa relação.

Outro exemplo de networking, motivado principalmente pelas redes sociais, é a interação com profissionais de referência do seu meio e de outros relacionados.

Acompanhar, compartilhar, comentar o seu ponto de vista em relação ao que você lê ou assiste também demonstra que você é um profissional que está atualizado.

Além disso, essa atitude te coloca no radar dessas pessoas e também de outras que podem se identificar com sua visão de trabalho. As trocas genuínas são as que rendem boas oportunidades. Nunca force um contato.

E já que estamos mencionamos as plataformas sociais, o LinkedIn não poderia ficar de fora dos exemplos de networking.

Facebook e Instagram são plataformas interessantes, mas o LinkedIn é um ambiente digital exclusivo fazer networking.

Uma das formas mais legais para se manter relevante na plataforma é publicando artigos. Suas pesquisas e ideias podem virar materiais ricos que vão colocá-lo no radar como referência no assunto.

Como é uma rede profissional, as pessoas estão sempre de olho umas nas outras, principalmente os recrutadores.

Um pesquisa da Jobvite apontou o LinkedIn como a principal rede utilizada por 93% dos entrevistadores para buscar perfis de possíveis candidatos a uma vaga de trabalho.

Como falamos acima, fazer networking não se limita apenas a buscar alguém quando se tem um interesse em algo.

Um exemplo de networking natural é ser solícito com colegas da empresa ou de outras companhias também que precisem de ajuda ou de uma orientação.

Todo profissional pode ser uma referência para outro que está em uma posição diferente. Sempre existe um novato mais novato que você ou um chefe com mais tempo de empresa do que você que subiu agora para essa posição.

Seja um pessoa aberta, solicita e permita que essa colaboração aconteça naturalmente.

Como fazer um bom networking em 7 passos

1. Elabore uma estratégia de networking própria

Antes de querer saber tudo sobre networking, é preciso entender que a construção de uma rede de contatos sólida deve passar a fazer parte do seu trabalho.

Por isso, encare fazer o networking como uma tarefa na sua lista diária e pense em como vai colocá-lo em prática, desenvolvendo uma estratégia.

Algumas formas simples de fazer isso são:

  • busque associações e grupos relacionados à sua área de atuação dos quais você gostaria de fazer parte;
  • construa um calendário de eventos que sejam boas oportunidades para conhecer pessoas novas;
  • faça uma autoavaliação profissional observando seus pontos fortes e fracos, habilidades, competências e experiências de trabalho de destaque. Pense que informações são relevantes para que as pessoas possam conhecer melhor o seu perfil e, principalmente, se impressionar;
  • elabore um bom cartão de visita com seus dados e sempre carregue alguns com você por onde for.

DICA: use a ferramenta de mapa mental para organizar sua estratégia de como fazer networking. A Mind Meister é uma opção gratuita e online para ter uma visão geral do potencial da sua rede de contatos.

2. Encontre as melhores referências

O segundo item das dicas de como fazer networking é saber quem são as pessoas com quem você deve se conectar, aquelas que podem contribuir de forma significativa para o desenvolvimento da sua carreira.

Elas já são profissionais de sucesso que conhecem todos os contatos do setor em que atuam, ou seja, especialistas que se tornaram referência em determinada área ou assunto.

Veja onde podem estar esses contatos estratégicos:

  • em blogs, redes sociais e comunidades relacionadas a sua área de atuação;
  • na organização de eventos importantes de networking;
  • nas rádios, emissoras de televisão, jornais, revistas e portais de notícias, como fontes recorrentes para entrevistas.

O próximo passo é entrar em contato com essas pessoas. Caso não consiga falar diretamente com elas, vale buscar intermediários.

3. Divulgue conteúdo de qualidade em grupos e redes sociais

Não guarde as coisas boas só para você. Dividir sua experiência é outra das dicas de como fazer networking valiosas de colocar em prática!

Ao encontrar uma informação relevante, uma ferramenta nova ou qualquer outra novidade que possa contribuir com o seu trabalho e de seus colegas, passe adiante.

Hoje em dia, essa é uma tarefa muito fácil graças à internet e às novas tecnologias. Seja por e-mail, redes sociais ou grupos de WhatsApp, compartilhar bons conteúdos fará com que as pessoas sempre se lembrem de você como alguém inteligente e o melhor: que sabe dividir!

4. Participe de eventos

Fazer networking é fazer contatos. Por isso, encontrar-se pessoalmente com as pessoas é parte essencial desse processo e vai lhe dar mais confiança.

Workshops, palestras, seminários, congressos e outros eventos são ótimas oportunidades para conhecer vários profissionais.

Identifique aqueles que poderão ser mais relevantes para você e monte um calendário para não se esquecer das principais datas.

Outra estratégia entre essas dicas de como fazer networking é aproveitar os intervalos para o café e conversar com as pessoas.

5. Saiba ouvir e fazer perguntas interessantes

Quando você conhecer alguém ou for se apresentar, lembre-se sempre: é mais importante ouvir do que falar.

Mas é preciso ouvir com atenção, demonstrando real interesse pelo que o outro está dizendo, mesmo que você não compreenda ou não domine o assunto.

Muitas vezes, as pessoas não têm com quem conversar e, por isso, basta estar presente e ser um bom ouvinte para causar uma ótima impressão.

Outro aspecto importante entre as dicas de networking e como fazer é estar preparado ao se encontrar com seus contatos. Estude e pesquise bastante para elaborar algumas perguntas que gostaria de esclarecer.

Afinal, você não quer desperdiçar o seu tempo conversando sobre amenidades com uma pessoa estratégica, não é mesmo?

Com uma boa conversa, além de demonstrar interesse, você ainda pode obter informações relevantes para outros encontros e para a sua atividade.

6. Mantenha seus contatos e seja acessível

Não adianta saber o que é networking e para que serve, se depois você se esquecer de manter contato com quem conheceu.

Depois de conhecer outros profissionais, é preciso fazer com que eles se lembrem de você. Por isso, o seu networking deve ser sempre alimentado.

Confira essas dicas de como manter esses relacionamentos:

  • estabeleça uma frequência para contato e não procure a pessoa apenas quando precisar;
  • após o primeiro encontro, é de bom tom enviar um e-mail agradecendo pela oportunidade ou dizendo como foi bom conhecer aquela pessoa;
  • marque reuniões ou encontros para falar de negócios e oportunidades.

Outra ponto das dicas de como fazer networking simples de aplicar é você também ser facilmente encontrado quando um contato da sua rede quiser lhe procurar. Portanto, informe à pessoa números de telefone e um e-mail utilizados com frequência.

Vale ainda investir em um site próprio e reformular a sua apresentação nas mídias sociais para que elas lhe ajudem a passar uma imagem mais profissional.

7. Apresente bem suas habilidades e competências

Se saber ouvir é uma das dicas de como fazer networking mais importantes (como falamos na dica 5!).

Saber explicar bem o seu trabalho e tudo o que você faz vai ajudar as pessoas a se lembrarem do seu nome quando estiverem precisando de alguém com a sua especialidade ou para fazer recomendações a um conhecido.

É importante que o contato compreenda as suas competências e habilidades e que fiquem claros quais são os seus interesses.

Mas você deve fazer isso de forma coerente e objetiva, porque a maioria das pessoas não dispõe de muito tempo (e também para não ficar chato!).

Um networking amplo e forte não é algo que acontece da noite para o dia. É preciso muito planejamento, uma boa estratégia e cuidado constante para manter bons relacionamentos.

Mas otimizar esses resultados positivos só depende do seu empenho e interesse.

Perguntas frequentes sobre networking e como fazer [FAQ]

Qual a diferença entre network e networking?

A diferença é que network é a sua rede de contato/relacionamentos e o networking é a iniciativa de criar oportunidades para novas conexões. Então fazer networking amplia a sua network.

Como se relacionar no LinkedIn?

Ter um perfil completo com descrições objetivas da sua carreira profissional, é o primeiro passo para se relacionar no LinKedIn. Essas informações vão facilitar que colegas e recrutadores te encontrem.
Procure pessoas conhecidas para adicionar, siga empresas na rede e interaja com os conteúdos e artigos postados. Faça comentários, dê sua opinião, elogie, tire dúvidas. São formas de se relacionar naturalmente tanto com quem te conhece quanto com novos contatos.

Quais as razões para fazer networking?

Todo profissional tem seus objetivos na carreira e sabemos que sozinho nunca “chegamos lá”. Por isso, a razão principal para fazer networking é enriquecer seu conhecimento através da troca com outros profissionais. Tanto aprendendo de quem sabe mais quanto ensinando quem é menos experiente. Uma troca genuína sempre enrique os dois lados. Lembre-se disso!

Invista no seu networking!

Com essas dicas de como fazer networking valiosas você certamente conseguirá abrir as portas para novas e boas oportunidades de trabalho.

Afinal, investir no seu crescimento e na sua formação é essencial para trilhar uma carreira de sucesso.

Participar de um programa trainee pode alavancar sua carreira, assim como se dedicar a atividades extracurriculares.

Ouça o episódio especial do nosso podcast Business Break e veja quais atividades podem ajudá-lo a fazer networking de qualidade:

Como uma das melhores formas de fazer networking é através de cursos, e se você é da área de engenharia ou quer saber como melhorar os processos na sua empresa, aqui vão duas dicas de curso:

  • Certificação White Belt: é o primeiro passo para que você possa participar de projetos visando melhoria contínua com alto impacto financeiro que é a base da metodologia Lean Six Sigma. Aproveite que o curso está disponível gratuitamente e comece hoje!
  • Lean Manufacturing Basic: outra oportunidade para aprender de forma gratuita sobre os conceitos da ‘Produção Enxuta’, uma filosofia de gestão inteiramente focada na eficiência dos processos.

Já tem capacitação nessas áreas e busca mais oportunidades de aprendizados sobre como melhorar os processos da sua empresa?

Conheça todos os cursos online da CAE Treinamentos e aproveite para aprender sem sair de casa e fazer networking com diversos profissionais em busca de oportunidades.

Autor

Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual Paulista - UNESP. Estudou Business and Process Management pela University of Arkansas - EUA, direcionando sua especialização em Lean Seis Sigma. Tornou-se Master Black Belt e hoje está à frente da CAE Treinamentos, ministrando cursos e realizando consultorias na área.

Escreva um Comentário