Capacitação profissional: 4 oportunidades para investir

Você investe na sua capacitação profissional? Se engana quem acredita que depois de conseguir aquele tão sonhado cargo, não existirão mais desafios. As capacitações profissionais são essenciais para aperfeiçoar as aptidões técnicas de um profissional.

Fazer cursos de capacitação profissional é uma característica fundamental para se preparar profissionalmente para o mercado de trabalho, segundo nosso consultor Carlos Sander. Se quiser mais algumas dicas, dá uma olhada no vídeo abaixo.


Clique no botão abaixo para se inscrever no nosso canal!!!

Dessa forma, a capacitação profissional visa ampliar o repertório de um profissional e torná-lo mais competente nas funções que ele já realiza. Além disso, a capacitação garante a autonomia na realização de uma determinada tarefa. 

Assim, esse tipo de aperfeiçoamento acrescenta ao rol de competências de alguém conhecimento e aptidões que estavam subdesenvolvidas ou até mesmo delegadas a outras pessoas. Contribuindo assim, para a formação de um profissional mais completo.

Contudo, confundir capacitação profissional com treinamento e até mesmo com qualificação profissional, é comum.

Por isso, antes de falarmos sobre os tipos de capacitações profissionais, vamos descobrir quem é quem no processo de aperfeiçoamento no mercado de trabalho. Continue lendo!

O que é a capacitação? Diferenças para o treinamento

Capacitação e treinamento são dois termos que frequentemente são usados como sinônimos, mas são conceitos distintos.

Do mesmo modo, ambos fazem parte das formações complementares de qualificação.

A capacitação permite o desenvolvimento profissional de uma atividade, sendo responsável por criar uma nova competência.

O treinamento, por outro lado, aperfeiçoa uma habilidade que já existe, ensinando novos e/ou melhores modos de desempenhá-la.

Quais são os cursos de capacitação profissional?

Bom, agora que você já sabe o resumo da ópera, vamos conhecer os principais tipos de capacitação profissional:

1. Curso livre

Os cursos livres são indicados para profissionais que desejam uma capacitação profissional rápida e mais acessível financeiramente.

Esse tipo de curso tem a duração variada dependendo do assunto a ser ensinado, contudo, costumam ter a carga horária inferior a 360 horas, o que já caracterizaria um curso de especialização, segundo a regulação do MEC.

Dessa forma, apesar de possuírem certificado, esses cursos não têm o mesmo peso que uma pós-graduação. No entanto, isso não significa que eles não tenham valor para o mercado de trabalho.

Os cursos livres trabalham habilidades específicas que podem fazer parte de um dos assuntos de um curso de especialização, mas este é mais aprofundado e abordará também outros conteúdos.

2. Pós-Graduação/Especialização

Os cursos de pós-graduação e especialização começaram a ficar mais populares com a alta concorrência do mercado de trabalho. Já que a demanda por profissionais com alta qualificação está cada vez maior.

Isso faz com que a preferência por profissionais que optaram por uma educação continuada se destaquem frente aos demais.

Nesta categoria estão os mestrados acadêmicos, mestrados profissionais, doutorados e pós-doutorados.

Estes primeiros são indicados para aqueles que desejam seguir carreira acadêmica, desenvolverem pesquisas e também criarem uma autoridade intelectual em sua área de atuação. Assim, estes cursos estimulam a reflexão teórica e retórica.

Também fazem parte desta modalidade os curso de especializações e MBAs. Estes são voltados para o mercado de trabalho e buscam o aperfeiçoamento profissional.

O objetivo destes cursos é aprofundar competências específicas, focando em sua aplicação prática.

Esses cursos contribuem para a ascensão profissional, mudança de área de atuação e também ampliação das habilidades em um determinado ramo.

Se quiser entender melhor a diferença entre mestrado, especialização e MBAs, confira nosso vídeo sobre o assunto:

3. Palestras, Seminários e Congressos

Não é novidade que há conhecimentos que não são transmitidos em salas de aula. Isso acontece, pois muitos deles são adquiridos por meio da experiência profissional e também pela demora do processo de assimilação das grades curriculares das novidades de cada área do conhecimento e profissionalizante.

Nesse sentido, para um profissional se manter atualizado, esses tipos de conhecimentos precisam ser buscados de outras formas. Uma delas compreende participar de eventos como palestras, seminários e congressos de seu ramo de atuação.

Sejam eles acadêmicos, a fim de divulgar o que está sendo desenvolvido cientificamente nas universidades.

Sejam eles voltados para o mercado de trabalho, apresentando as últimas novidades em processos, ferramentas e todo o tipo de novidade para agregar a rotina profissional daquela área.

4. Workshops

O workshop é um tipo de evento empresarial que condensa em um curto período de tempo a assimilação de um tema específico.

O seu grande diferencial é a aplicação de atividades práticas para a assimilação desta nova temática. O seu foco é na produtividade e por isso não é raro existirem mais de um mediador. 

São eventos dinâmicos normalmente desenvolvidos no próprio ambiente corporativo que conta com a participação ativa de seu público.

Uma forma comum de interação é o uso de debates e trocas de experiências.

Assim, o que o diferencia das outras modalidades de capacitação profissional é a participação ativa dos alunos no processo de aprendizado.

Qual a diferença entre qualificação e capacitação profissional?

Uma capacitação profissional também é diferente de uma qualificação.

A qualificação profissional diz respeito à formação educacional de um indivíduo, na qual ele será munido de conhecimento, habilidades e técnicas.  

Em termos práticos, um curso de graduação ou tecnologia são exemplos de qualificação. Portanto, a qualificação é responsável pela base de conhecimento necessário para determinada profissão. 

Por outro lado, a capacitação profissional é uma etapa posterior a qualificação, como também são os treinamentos.

A capacitação pode ser ministrada na forma de cursos, palestras, workshops, entre outros, como uma formação complementar a qualificação.

Por que investir na capacitação profissional?

Investir nos diferentes tipos de capacitação profissional é um diferencial. Através da capacitação, o profissional se destacará por suas competências e autonomia na realização de suas funções.

Contudo, não é apenas no aperfeiçoamento profissional que a capacitação traz benefícios. Vamos conhecer os principais deles a seguir:

Criação de networking

Ao participar de programas de capacitação profissional, você amplia a rede de networking em sua área de atuação.

Se conectando tanto com outros profissionais e experts da sua área de atuação quanto também de áreas afins. Essa rede de contatos é muito valiosa na vida profissional.

Através dela, um profissional pode trocar conhecimentos, encontrar parceiros, captar investimentos.

Além disso, ter contato com profissionais renomados e intelectuais da sua área pode ser uma boa ponte para conquistar aquela tão sonhada vaga em uma grande empresa, por exemplo.

Já que estes muitas vezes trabalham, já trabalharam ou até mesmo são donos das mesmas. Assim, se conectar com um deles pode ser o empurrãozinho que faltava para ser notado pelo RH ou aprender o que precisa para chegar lá.

Da mesma forma, a criação de uma rede de contatos ajuda aqueles que estão em fase de recolocação no mercado de trabalho.

Também garante que um profissional continue em sua empresa e consiga crescer em sua área, pois com a capacitação profissional conseguem apresentar melhores resultados!

Atualização constante

É também através da capacitação profissional que você ficará por dentro das novidades do mercado. Isso ajudará a planejar sua projeção de carreira e objetivos a longo prazo. O que são fatores fundamentais para se manter motivado e revisar seus objetivos pessoais.

Por fim, a capacitação profissional também contribui na segurança pessoal para embarcar em novos projetos, assumir novas responsabilidades e até mesmo empreender.

Isso porque, estar seguro de suas competências é essencial para correr riscos e sair da zona de conforto.

Conheça as capacitações profissionais da CAE

Se você gostou de conhecer mais sobre os tipos de capacitação profissional, confira a lista completa de Cursos da CAE Treinamento.

Os cursos são 100% online e podem ajudá-lo a alavancar a sua carreira, trazendo motivação e novas habilidades.

Siga-nos também no Facebook, LinkedIn, assine o nosso canal no Youtube e não perca nenhuma novidade!

Autor

Jornalista formada pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) com vasta experiência em redação e comunicação para a internet.

Escreva um Comentário