Educação continuada: 3 cursos de atualização para ficar de olho

Já não é mais novidade que o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo. Isso quer dizer que, se o que você quer é se posicionar melhor e se destacar entre outros profissionais, precisa se manter sempre atualizado. Que tal, então, investir em uma educação continuada?

Falamos em investimento porque nunca se perde nada ao retomar os estudos. Pelo contrário: colhem-se os frutos depois. Muita gente pensa logo em pós-graduação ao refletir sobre o assunto, mas ela não é o único caminho a ser seguido.

Além dela, existem outros cursos que acrescentam valor ao currículo e à trajetória do profissional. É sobre essas outras possibilidades de educação continuada que vamos falar neste post. Confira:

A importância da formação continuada

Não é só para se destacar entre a concorrência que a formação continuada é importante. As profissões também estão em constante evolução e, para continuar desempenhando bem o seu papel, é preciso se atualizar sempre e acompanhar o ritmo das mudanças.

Antes de falarmos das diferentes possibilidades de curso, vamos listar, brevemente, algumas das principais vantagens de continuar estudando:

Direcionamento da carreira

Quem acha que já sabe o suficiente sobre a profissão que exerce acaba ficando estacionado na carreira. Mas, se você investe em estudos, o seu leque de possibilidades se abre e você consegue direcionar melhor o caminho para crescer na profissão.

Por meio da formação continuada, você também poderá desenvolver um olhar mais cuidadoso e crítico sobre si mesmo, prestando atenção nos seus talentos, nas suas habilidades e no seu perfil profissional.

Aumento das possibilidades de atuação

Há empresas, principalmente as maiores, que dão preferência para profissionais que tenham ido além de uma graduação. Ou seja, após frequentar um curso de formação continuada, você poderá se candidatar para vagas de empresas de grande porte e melhorar o seu posto na profissão.

Além disso, as salas de aula também são uma ótima oportunidade para fazer networking. Nem só de conteúdo você vai viver durante uma formação continuada: os seus colegas poderão se tornar futuros parceiros, sócios e empregadores.

Mais chances de continuar na empresa na qual trabalha

Se você já está satisfeito com o local onde trabalha e deseja fazer carreira na empresa, a formação continuada também pode ajudar. Os empregadores estão cada vez mais interessados em profissionais que buscam se aperfeiçoar na profissão.

Então, ingressar em um curso de formação continuada fará com que você seja mais valorizado. Afinal, qual empresa vai querer abrir mão de um funcionário assim?

Os mais relevantes cursos de atualização

Mesmo se você leva uma rotina corrida, não deve abandonar a vontade de seguir uma formação continuada. Hoje existem possibilidades para diferentes perfis de estudantes: os que trabalham o dia inteiro e querem conciliar as 2 coisas e aqueles que tiraram um período para se dedicar integralmente aos estudos.

Então, vamos aos 3 exemplos de cursos de atualização que são importantes:

1. Extensão

Os cursos de extensão são oferecidos com uma carga horária menor do que os de pós-graduação e têm como foco áreas específicas de conhecimento. Normalmente, esses cursos são oferecidos por universidades e faculdades ou órgãos vinculados a elas.

Essa modalidade de ensino não possui regulamentação específica, por isso, não é considerada uma pós-graduação. Até porque os diferentes cursos podem ser ofertados por estudantes e também por pessoas que ainda não entraram na universidade. Por isso, as metodologias de ensino e a carga horária podem variar de instituição para instituição.

De maneira geral, qualquer pessoa pode se inscrever na extensão, ou seja, não é necessário ter graduação para ingressar em um dos cursos. Tanto que há faculdades que aceitam pessoas que tenham apenas o ensino médio. Apesar disso, cada instituição pode estabelecer os pré-requisitos para a matrícula, o que quer dizer que você deve ficar atento aos editais.

Se você deseja se aperfeiçoar de maneira mais rápida na sua área e também reforçar as suas redes de contatos profissionais, ingressar em um curso de extensão pode ser uma boa ideia. Todo aluno que cumprir os pré-requisitos recebe um certificado ao final do curso.

2. Técnicos

Um curso técnico tem como principal objetivo capacitar os alunos com conhecimento para atividades de diversas áreas. As aulas são essencialmente práticas, apesar de poderem estimular discussões teóricas em alguns momentos.

Ao contrário de uma graduação, que é mais abrangente e aborda os diferentes aspectos de determinada área, os cursos técnicos são mais focados em formar profissionais para o mercado de trabalho.

Para ingressar em um curso técnico, o estudante tem que ter concluído o ensino fundamental, mas não necessariamente o ensino médio. Isso porque esse tipo de formação é intermediária, entre a graduação e o nível médio.

No Brasil, eles estão divididos em 3 categorias, que variam de acordo com a formação e o objetivo do aluno:

  • curso técnico integrado: ao final do curso, o aluno recebe o certificado de conclusão do ensino médio e do curso técnico que escolheu;
  • curso técnico externo: realizado em paralelo ao ensino médio, sendo que o 1º ano do ensino médio precisa estar concluído;
  • curso técnico profissionalizante: boa opção para quem finalizou o ensino médio e deseja entrar rapidamente no mercado de trabalho.

3. Capacitação profissional

A capacitação profissional é destinada às pessoas que já têm formação ou experiência em determinada área e deseja aperfeiçoar seus conhecimentos e se preparar melhor para as exigências do mercado de trabalho.


Clique no botão abaixo para se inscrever no nosso canal!!!

Existem diferentes cursos de capacitação profissional, você deve escolher aquele que mais se adeque aos seus objetivos profissionais. Um bom exemplo é um curso completo sobre Excel, ferramenta utilizada em, praticamente, todas as profissões e que facilita a vida de muita gente.

Se você trabalha com gestão — seja de projetos específicos, seja de empresas —, uma boa opção são cursos de focados na ferramenta Seis Sigma e no MS Project. Ficar por dentro dessas ferramentas, além de otimizar o seu trabalho, contribui para que você se torne um profissional mais valorizado e importante para a empresa.

Uma vantagem é que esses cursos também podem ser oferecidos a distância, o que facilita a vida de quem vai conciliar estudo com emprego. E, ao final, você recebe um certificado.

E então, ficou animado para começar um curso de educação continuada? Se quiser saber um pouco mais sobre as possibilidades de aperfeiçoamento, entre em contato conosco. Oferecemos diferentes cursos focados no mercado de trabalho!

Autor

Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual Paulista - UNESP. Estudou Business and Process Management pela University of Arkansas - EUA, direcionando sua especialização em Lean Seis Sigma. Tornou-se Master Black Belt e hoje está à frente da CAE Treinamentos, ministrando cursos e realizando consultorias na área.

Escreva um Comentário