Melhores livros de engenharia: 5 leituras fundamentais [+ resumos]

Veja indicações de leitura capazes de informar o leitor sobre as necessidades atuais do mercado de trabalho

O mercado da engenharia sofreu transformações nos últimos anos, gerando impactos na forma dos engenheiros trabalharem. O conteúdo oferecido nas universidades é relevante para formação do repertório da profissão, porém pode-se ter lacunas em relação às demandas atuais do mercado de trabalho. Pensando nisso, a equipe da CAE procurou uma lista de melhores livros para engenharia que englobam temas relacionados com a sobrevivência no mercado de trabalho.

Bruno Araújo é técnico de Planejamento e Pesquisa do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), baseando-se em um estudo realizado pelo Ipea, o técnico explicou sobre as transformações na engenharia.

Segundo ele, um dos principais problemas para o engenheiros tem sido a frustração na hora de procurar empregos. Pois, atualmente, ao sair da faculdade esses profissionais têm encontrado poucas vagas compatíveis com a sua formação.

Dessa forma, segundo o técnico, o empreendedorismo tem se tornado uma alternativa. Isso ocorre também devido ao fato de que empreender se tornou mais acessível. Hoje em dia com a popularização dos notebooks e celulares,  pode-se ter o escritório nas mãos.

O técnico do IPEA ressaltou que a maioria das vagas demandadas pelo mercado de trabalho são para um perfil específico de engenheiro. Esse seria para engenheiros com características necessárias para ocupar um cargo de gestor. Pois, segundo ele, há uma dificuldade em encontrar engenheiros para gerenciar projetos.


Clique no botão abaixo para se inscrever no nosso canal!!!

Portanto, a CAE criou uma lista de livros voltada para empreendedorismo e gestão. O objetivo é que as informações destes materiais formem uma base de aporte para o profissional abrir maiores possibilidades no mercado de trabalho, gerando uma maior independência em relação aos altos e baixos da economia.  

1) Receita Previsível (2011)

melhores-livros-para-engenharia

O livro Receita Previsível é considerado a Bíblia das vendas do Vale do Silício (apelido dado à região da baía de São Francisco, onde situam-se empresas renomadas).

Os autores, Aaron Ross e Marylou Tyler, problematizam o fato das empresas se tornarem reféns do acaso e sobreviverem com base em resultados imprevisíveis e insuficientes. O livro possui um caráter de consultoria, ensina como identificar as reais necessidades de seu negócio e como aumentar suas conversões de venda.

Com a metodologia apresentada é possível assumir o controle da receita da empresa e torná-la previsível. Os autores oferecem casos reais, nos quais torna-se possível verificar o  passo-passo de como implementar o método proposto pelo livro. Há exemplos de empresas que aumentaram sua receita em milhões de dólares com o uso dessa estratégia.

No livro, é possível entender melhor a relação entre prospecção de clientes e previsão do faturamento. Outro benefício da leitura é a possibilidade implementar a mudança de estratégia de forma rápida e acelerar as vendas.

2) Padronização de empresas (1991)

melhores-livros-para-engenharia 1

Este livro foi escrito por Vicente Falconi, ele é um dos consultores mais renomados do Brasil.  Ele graduou-se em Engenharia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e é Ph.D em Engenharia pela Colorado School of Mines (Escola de Minas do Colorado – EUA).

O livro trata sobre Gestão pela Qualidade Total (GQT) e ressalta a importância da padronização de processos. Assim como na recomendação de leitura anterior, Falconi afirma que a forma de gerenciamento por acaso está em declínio. Sendo assim, é necessário monitorar toda a globalidade de uma empresa.

Segundo o autor, para criação da bibliografia foi realizada uma coleta de informações adquiridas nas aulas do curso de padronização da Associação Japonesa de Padronização (JSA). Além disso, foram selecionadas informações sobre a experiência de algumas corporações brasileiras.

Antigamente, a gestão da qualidade era uma característica capaz de destacar determinado negócio dos demais. Porém, atualmente, é uma estratégia necessária para a sobrevivência de uma empresa. Sendo assim, trata-se de aprendizado essencial para cargos de gestão empresarial e para engenheiros que busquem melhores resultados. Ressalta-se também que não há qualidade sem haver a padronização de processos em uma empresa. Falconi afirma que com a leitura do material, o leitor terá informações suficientes para montar seu próprio sistema de padronização.

Confira o texto Pilares da Qualidade Total: o que é e como aplicar para aprender técnicas que podem transformar o seu negócio.

3) Gestão do Amanhã (2018)

melhores-livros-para-engenharia 2

 

Este livro foi escrito por dois autores, um deles é Sandro Magaldi, que é cofundador de uma das principais plataformas de empreendedorismo do país. A especialidade de Magaldi é a gestão estratégica de vendas, ele possui mestrado em Administração pela PUC (Pontifícia Universidade Católica).

O outro autor é José Salibi Neto, que possui MBA pela Universidade da Carolina do Norte (EUA). Ele também é cofundador da empresa HSM. Sabili é conhecido por introduzir no Brasil conceitos de gestão contemporânea.

O subtítulo do livro diz muito sobre o seu conteúdo “Tudo o que você precisa saber sobre gestão, inovação e liderança para vencer na 4ª revolução industrial”.

Os autores trazem um panorama histórico dos modelos de gestão mais importantes globalmente.  Segundo críticos literários, o texto é abrangente e simples, são dadas informações para que o leitor se adapte às novas mudanças e não seja derrubado por elas.

Em um mundo acelerado onde tudo se transforma rapidamente, as teorias clássicas sobre gestão e administração precisam ser atualizadas. Essa leitura é capaz de atualizar o leitor sobre conceitos que empreendedores precisam conhecer para aproveitar oportunidades futuras e driblar problemas atuais.

4) Criando a cultura Lean Seis Sigma (2004)

melhores-livros-para-engenharia 3

Esse é o primeiro livro de uma série criada por Cristina Werkema. A autora é pioneira na implantação do método Lean Seis Sigma no Brasil. Ela coordenou a implantação da metodologia em diversas empresas no Brasil, como a Ambev, Multibrás e a Embraco.

Os principais objetivos do Lean Seis Sigma são aumentar a lucratividade, otimizar produtos e reduzir as variabilidades nos processos das empresas. A consequência de tudo isso é o aumento da satisfação dos clientes.

O Lean Seis Sigma está muito relacionado a gestão da qualidade e é capaz de controlar todos os processos de uma empresa. O método possui ferramentas de atualização constante que permitem mensurar, remodelar e otimizar as atividades de uma organização, assim alcançando a melhoria contínua.

A criação do Seis Sigma aconteceu na Motorola. O gerente da empresa, em 1979, percebeu que muitos de seus produtos estavam sendo fabricados com defeitos. Além disso, a concorrência estava oferecendo produtos mais baratos e de melhor qualidade.

Foi quando a empresa requisitou estudos para reduzir os defeitos de fabricação, diminuir a variabilidade e cortar gastos. Através desses estudos nasceu o Seis Sigma e a qualidade da Motorola melhorou 100 vezes mais, por consequência.

Felizmente a metodologia é flexível e adaptável, o que possibilita que empresas menores possam usufruir de seus benefícios. O método tem capacidade de melhorar projetos utilizando pouco investimento e curto prazo (normalmente de quatro a seis meses).

Caso tenha interesse em aprender mais sobre essa metodologia transformadora, confira o curso GRATUITO da CAE em White Belt Seis Sigma. Caso queira entender mais sobre o conceito recomenda-se a leitura do artigo: [Top 10] posts sobre metodologia Seis Sigma: aprenda tudo sobre.

5) Talento a prova de crise (2009)

melhores-livros-para-engenharia 4

 

Este livro ensina como lidar com crises da melhor maneira. Para escrever, a autora Leila Navarro selecionou casos de sucesso e perfis de pessoas que conseguiram recriar seus negócios mediante um período crítico.

Ela afirma que para encontrar soluções para os problemas é preciso distanciar-se deles e realizar uma tentativa de criação, para perceber oportunidades dentro das problemáticas.

Navarro observa que as crises que o profissional enfrentará ao longo da vida, não são somente financeiras, também haverá crises interiores e pessoais. Ela ressalta a importância de descobrir o seu propósito e estar envolvido com uma missão, pois o ânimo da luta está na causa. Essa causa é pessoal de cada um, por isso é necessário o autoconhecimento.

Esperamos que nosso artigo sobre “Melhores livros de engenharia” tenham sido úteis para você. Quer continuar acompanhando conteúdos interessantes como esse? Acompanhe nosso blog, siga-nos no Facebook, Linkedin ou assine o nosso canal no Youtube e não perca nenhuma novidade!

Autor

Redatora do blog da empresa CAE Treinamentos. Estudante de Jornalismo na Universidade Estadual Paulista (UNESP). Já foi estagiaria de Comunicação do Projeto TAMAR, pesquisadora pela FAPESP, coordenadora de grupo de estudos e repórter textual do Projeto Impacto Ambiental e da Jornal Júnior.

Escreva um Comentário