6 tipos de atividades extracurriculares para seu currículo

O que são atividades extracurriculares? Quem ainda está na faculdade ou acabou de se formar, sabe que encontrar as primeiras oportunidades profissionais é um desafio. Uma solução que pode ajudar no desenvolvimento do universitário é apostar nos diferentes tipos de atividades extracurriculares.

Por não ter nenhuma experiência profissional na área, os futuros engenheiros podem se sentir inseguros ao montar o currículo, em entrevistas de emprego e até mesmo quando conseguem uma vaga.

Neste cenário surgem os diferentes tipos de atividades extracurriculares, que além de dar ao estudante de engenharia a chance de colocar mais informações em seu currículo e ter mais experiências para compartilhar em entrevistas, também ajudam no desenvolvimento profissional.

Treinando habilidades como interdisciplinaridade e trabalho em equipe, o futuro engenheiro estará mais preparado para o mundo corporativo e conseguirá se destacar em suas primeiras oportunidades.

Leia também: Como fazer um currículo de engenheiro matador? Descubra aqui!

Neste artigo separamos alguns exemplos de atividades extracurriculares que podem fazer a diferença no seu currículo e na profissão de engenheiro. Confira!

6 tipos de atividades extracurriculares que vão ajudar a montar um currículo

1.Trabalho voluntário

O que colocar em atividade extracurricular? A primeira dica para responder a essa pergunta são os trabalhos voluntários.

O trabalho voluntário é uma das oportunidades que o estudante de engenharia pode abraçar em busca de crescimento pessoal e profissional.

No campo profissional, o universitário, provavelmente, não exercerá muitas atividades ligadas à sua área de estudo, mas treinará outras habilidades exigidas por empresas e áreas de recrutamento.

No lado pessoal, por sua vez, o futuro engenheiro ainda conseguirá fazer o bem e ajudar o próximo.

Além disso o novo engenheiro irá desenvolver habilidades como:

  • Liderança
  • Trabalho em equipe
  • Comprometimento
  • Organização

Essas aptidões também são algumas das características desenvolvidas no voluntariado, que fazem a diferença em entrevistas de emprego.

Outro ponto importante a destacar é que muitas organizações sem fins lucrativos dão níveis diferentes a seus colaboradores. Quando chegam eles são apenas voluntários, mas ao se envolver e abraçar mais atividades, o estudante pode adquirir outros cargos e até chegar a liderar algumas equipes de voluntários.

2.Iniciação científica

Esse outro tipo de atividade extracurricular pode ser realizado dentro da própria faculdade e com a ajuda de seus professores.

A iniciação científica se trata de um projeto acadêmico que estuda, pesquisa e analisa de forma teórica algum aspecto da área de interesse do aluno.

Leia também: Descubra o que a faculdade de engenharia não ensina.

Além de aprofundar seu conhecimento técnico e profissional, quem der início a uma iniciação científica desenvolverá o seu senso crítico e sua capacidade de análise.

Nesse tipo de projeto o aluno também precisará se adequar a prazos estipulados pela faculdade e contar com o apoio de orientadores que poderão ajudá-lo durante o decorrer do projeto com sugestões e alterações sempre que necessário.

3.Grupos universitários

Dentro da faculdade há muitos grupos que se formam para debater temas, organizar um evento ou jogos universitários.

Estar presente nesse tipo de grupo faz com que o estudante se envolva ainda mais com a faculdade, aproveite seu período de estudos e ainda consiga reunir experiências diferenciadas.

Tudo isso fará com que ele tenha um perfil mais atrativo para recrutadores e o colocará em uma posição de destaque em entrevistas de emprego. Estar dentro da comissão de formatura, por exemplo, dará ao futuro engenheiro algumas vivências que ele não teria dentro da sala de aula.

Ter que fechar contratos, administrar o valor a ser gasto e aprender a organizar uma festa podem ser alguns dos aprendizados absorvidos.

Participar de um centro acadêmico também dará ao universitário a chance de treinar habilidades — como ouvir o que outras pessoas têm a dizer e posicionar-se de forma direta e amena.

4.Cursos extras

O que são cursos extracurriculares? O ideal aqui é que o futuro engenheiro aposte em cursos que abordem conteúdos muito exigidos e usados no mercado de trabalho de engenharia — como o Seis Sigma e o Excel, por exemplo.

Investir em cursos extras, seja na sua área de atuação ou não, deixará o seu currículo mais completo e demonstrará que você está disposto a aprender.

Entenda melhor como está o mercado atual da engenharia e esteja preparado!


Clique no botão abaixo para se inscrever no nosso canal!!!

O universitário também pode optar por cursos que abordem conhecimentos menos técnicos, mas que ainda são relevantes para um profissional. Alguns desses cursos podem ser:

  • Treinamentos que ensinam táticas sobre como falar bem em público
  • Sobre criar apresentações sucintas e impactantes
  • Desenvolver métodos de concentração

O importante aqui é escolher uma instituição de ensino reconhecida pelo mercado e com a possibilidade de fornecer um certificado de participação, caso você precise apresentá-lo em algum momento do processo seletivo ou de contratação.

5.Participação em eventos

Entre os exemplos de atividades extracurriculares, a participação em eventos pode ser um dos mais estratégicos.

Muitas empresas, instituições de ensino e profissionais do mercado costumam organizar eventos para discutir tendências e melhores práticas.

O estudante que participar de eventos deste tipo terá um diferencial, posicionando melhor o seu currículo perante a outros concorrentes. Este é um ponto importante se você ainda tem dúvidas sobre o que colocar em atividade extracurricular, em seu currículo.

Esse tipo de atividade extracurricular mostrará que o recém engenheiro é interessado pelo assunto, que busca conhecimento sobre o tema e que está atento a todas as movimentações que estão acontecendo na área.

Além do conhecimento obtido, os eventos também são boas oportunidades de começar a criar um networking com profissionais da área e de conectar-se com pessoas que podem ajudar você a conseguir uma boa oportunidade na carreira — seja no começo dela, seja no futuro.

Se você gostou dessa dica, talvez se interesse também pelo conteúdo, “Confira estas 7 dicas essenciais de networking para engenheiros”.

6.Aulas interdisciplinares

Um das dicas para aproveitar a faculdade  ao máximo é a participação em aulas interdisciplinares. Elas também se enquadram na busca sobre o que são cursos extracurriculares importantes.

Algumas faculdades já exigem que seus alunos façam atividades extracurriculares — como ida a exposições e eventos da área —, mas muitas sugerem que isso seja feito dentro da própria faculdade por meio da frequência em disciplinas fora da sua grade curricular específica.

Ao fazer isso, a universidade estimula que o aluno consiga entrar em contato direto com outras áreas e adquira conhecimentos diferentes dos quais ele teria apenas em seu curso.

O que colocar em atividade extracurricular em seu currículo? Optar por disciplinas que despertem seu interesse e que não sejam da área de engenharia pode ajudar a tornar o estudante um profissional mais interdisciplinar e com uma visão mais geral sobre as empresas e o mercado.

No geral, o campo de atuação de um engenheiro é muito amplo e propõe diversas opções de trabalho ao estudante do curso. No entanto, o mercado ainda se mostra necessitado de mão de obra qualificada para atuar em empresas.

Ao investir em um dos tipos de de atividades extracurriculares apresentados, o futuro engenheiro não só complementará o seu currículo em busca de oportunidades de emprego, como também estará mais preparado para a realidade do mundo empresarial, se tornando um profissional mais bem capacitado.

Agora que você já sabe como aproveitar os diferentes tipos de atividades extracurriculares para melhorar seu currículo é hora de se preparar para o próximo passo: a entrevista. Sugerimos a leitura do material; Como se sair bem em uma entrevista de emprego? Temos a resposta!

Gostou das dicas sobre o que são atividades extracurriculares? Quer saber mais sobre esse tema e acompanhar de perto as nossas publicações? Assine agora mesmo a nossa newsletter e receba outros textos como este em seu e-mail!

Se você deseja se posicionar melhor no mercado de trabalho atendendo às demandas das empresas com um currículo que se destaque dos demais, sugerimos que conheça os cursos oferecidos pela CAE Treinamentos.

Com mais de 3.500 alunos EAD e mais de 30 turmas presenciais, você terá acesso a cursos de qualificação e treinamento em gestão e processos que se encaixam à sua realidade. Conheça nossos cursos e opções de qualificações gratuitas e saiba como podemos ajudar você a conquistar uma posição de destaque mesmo em meio à crise na engenharia no Brasil.

Autor

Autor de 2 livros publicados: "Lean Six Sigma: O guia básico da metodologia" e "101 Dúvidas sobre Lean Six Sigma". É formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual Paulista - UNESP. Estudou Business and Process Management pela University of Arkansas - EUA, direcionando sua especialização em Lean Seis Sigma. Professor de empresas como BRF, Plasútil, Usiminas, Petrocoque, Avon, Mondelli, UNESP, JohnDeere e de mais de 35.000 alunos na comunidade online. Com mais de 26 mil certificados emitidos, é CEO da CAE Treinamentos, uma plataforma focada em melhoria contínua e gestão de processos.