Quais as habilidades de um gerente de sucesso? Descubra agora!

Gerir uma equipe – seja qual for a área de atuação – é sempre um desafio. Não só porque você está lidando com pessoas, como também são indivíduos completamente diferentes, que trabalham de formas distintas. Por esse e outros motivos é tão importante entender quais as habilidades de um gerente são necessárias para manter o seu pessoal motivado e a produtividade alta!

Assim, pensando em auxiliar quem busca encontrar melhores habilidades voltadas para a gestão de equipe, montamos esse artigo. Por aqui, reunimos as principais habilidades que um ótimo líder deve ter e qual a melhor forma de aplicá-las no dia a dia. 

Apesar de já não ser fácil, gerenciar uma equipe se tornou um desafio ainda maior durante o home office

Já que, com a implementação do trabalho remoto, toda a dinâmica implementada entre gerente e profissionais teve que ser revisada, visto que o ambiente de trabalho se modificou totalmente. 

Entenda a seguir como motivar a sua equipe da maneira certa e lembre-se que nós da CAE prezamos pela formação de bons profissionais, fato que pode ser comprovado pela excelência de nossos cursos e materiais. 

O que é preciso para ser gerente?

Entender quais as habilidades de um gerente de excelência faz parte do processo para se tornar um. Apesar de não ser uma profissão propriamente dita, os cargos de gerência existem em diversos tipos de empresa e ainda assim não é tão comum encontrar cursos de formação para exercer esse tipo de ocupação. 

De maneira geral, é possível dizer que o cargo de gerência está diretamente relacionado com o bom funcionamento das empresas, principalmente porque o faz através da boa administração do capital humano. 

Dessa forma, fica na mão do gerente conceder o direcionamento necessário para que os colaboradores entreguem os resultados esperados. 

Independente da área de atuação, a figura de gerência é de extrema importância tanto para as empresas quanto para os colaboradores, visto que os mesmos entendem esse cargo como uma possibilidade de crescer na carreira. 

Diante da grande responsabilidade, aqueles que desejam exercer as funções de um gerente devem estar bem preparados. Confira abaixo quais são as habilidades necessárias para se tornar um gerente:

Perfil necessário de gerente

As atribuições de um gerente são inúmeras e igualmente importantes, visto que impactam diretamente na produtividade do negócio em questão. 

Assim, o profissional que ocupa esse cargo deve ter a capacidade de descobrir e aproveitar os melhores aspectos e habilidades de cada profissional de sua equipe, além de motivá-los para que consigam exercer da melhor forma suas funções. 

Por isso, o perfil de um gerente deve incluir habilidades específicas, tais como:

  • Ser compreensivo;
  • Saber escutar e orientar de acordo com a situação;
  • Ser capaz de ultrapassar obstáculos;
  • Saber dar e receber feedback;
  • Ser comunicativo;
  • Executar ações de acordo com planejamento prévio;
  • Ser inovador.

No nosso Podcast comentamos mais sobre as habilidades necessárias dos profissionais de 2021, ouça agora mesmo:

Diferença entre habilidade técnica e conceitual e emocional 

Compreender que as empresas bem consolidadas no mercado contam com colaboradores que apresentam diferentes habilidades é essencial para entender quais as habilidades de um gerente que sabe motivar sua equipe. 

Assim, é preciso analisar os variados tipos de competências que serão encontradas ao longo da sua vida profissional, tanto as soft skills, com as hard skills.

Confira um vídeo completo sobre esse assunto: O que são soft skills: as habilidades dos profissionais do futuro!

Habilidade emocional

Habilidade emocional, ou também chamada de habilidade humana, é extremamente importante dentro do ambiente corporativo. 

Já que ela permite que os profissionais consigam compreender aqueles que estão ao seu redor, incluindo percepções sobre seu jeito de ser, ações e sentimentos. 

E é justamente a partir dessa percepção que os indivíduos com a habilidade humana bem desenvolvida conseguem se relacionar da melhor forma com outras pessoas. 

Dentro do ambiente corporativo é essencial que todos os colaboradores – independente do cargo ocupado – tenham essa habilidade desenvolvida em algum nível. 

Isso ocorre porque é indispensável a criação e a manutenção de um ambiente profissional harmônico e agradável para todos, proporcionando o trabalho em equipe. 

Em nosso vídeo do Youtube, explicamos mais o que são as soft skills e como desenvolvê-las:

Habilidade conceitual 

De forma simplificada, a habilidade conceitual é a capacidade cognitiva de enxergar a empresa de forma íntegra, sem dividi-la em setores. 

Esse tipo de visão permite ao profissional pensar estrategicamente, envolvendo todos os assuntos externos e internos à organização. 

Normalmente, o profissional que possui a habilidade conceitual mais bem trabalhada é capaz de oferecer um pensamento criativo, boa capacidade de formular abstrações, além de analisar e solucionar situações complicadas. 

Assim, quem apresenta habilidade conceitual consegue realizar uma análise mais completa e apresentar uma visão ampla tanto da empresa quanto dos processos envolvidos em seu funcionamento.

Por isso, são muito bem vistos nas equipes, porque são capazes de tomar decisões assertivas e desenvolver métodos que funcionem para as demandas de crescimento da organização de maneira geral. 

Assim, a habilidade conceitual é normalmente associada a profissionais que ocupam cargos de gestão, pois necessitam apresentar uma visão geral da empresa e conduzir sua equipe para que atinjam bons resultados com seu trabalho. 

Habilidade técnica

De maneira geral, a habilidade técnica está relacionada à compreensão e a competência para realizar atividades que necessitam de conhecimentos específicos. 

Normalmente, os profissionais que possuem essa habilidade bem desenvolvida, o fazem durante seus anos de formação acadêmica nos cursos de profissionalização, os livros e outros cursos de apoio. 

Assim, esse tipo de habilidade é mais focada em gerar novas ideias a partir da observação de cada situação de maneira separada. Totalmente ao contrário da habilidade conceitual, não é mesmo?

Apesar de serem opostas, as duas habilidades precisam estar presentes dentro da mesma instituição, isso porque se complementam. 

Cada uma tem as suas particularidades que permitem tratar os processos da organização de formas diferentes mas igualmente importantes. 

Enquanto uma permite analisar as perspectivas de forma mais ampla, a outra traz uma avaliação mais específica e detalhada, dando vida a uma empresa efetiva e capaz de alcançar metas e objetivos bem estabelecidos. 

Quais as habilidades de um gerente devem ser usadas em diferentes situações

Apesar de todas as habilidades serem importantes, é inevitável que uma se desenvolva mais que as outras ao longo da vida pessoal e profissional de cada pessoa. 

Apesar disso, todos devemos saber quando aplicar cada uma, dependendo da situação em que nos encontramos. 

Habilidade técnica: quando lançar mão?

Durante a vida de um gerente, todas as habilidades deverão ser trabalhadas porque esse cargo trabalha diretamente com processos e pessoas. 

Dessa forma, a habilidade técnica deverá focar em processos que necessitam de conhecimento especializado, normalmente requerido durante tarefas técnicas e procedimentos. 

Assim, quando o assunto envolve habilidade em programação, engenharia, contabilidade ou finanças, o pensamento técnico deve prevalecer. 

No caso específico do cargo de gerência, a habilidade técnica é mais voltada para processos mais específicos, entretanto, é importante que um gerente tenha essa parte bem desenvolvida para motivar sua equipe. 

Ao demonstrar conhecimento sobre vários temas e, principalmente, sobre aspectos mais específicos e particulares do trabalho, os membros de sua equipe passam a enxergá-lo de forma diferente. 

Ser liderado por uma pessoa que demonstra capacidade e conhecimento sobre os processos faz toda a diferença. 

Você sabe quando usar a habilidade humana?

Sem dúvidas, a habilidade humana é uma das mais importantes quando o assunto é gerência de pessoas e o próprio nome já diz. Se o trabalho requer o gerenciamento de outros seres humanos, a habilidade mais valiosa nesse caso é justamente essa. 

Por isso, um bom gerente deve ser excelente em ler o ambiente, entender e acolher os colaboradores e proporcionar um ambiente agradável para todos. 

Para muitos, manter essa harmonia e compreensão entre todos os membros, muitas vezes, é mais difícil do que demonstrar outras competências técnicas. 

Apesar de muita gente discordar, ter o lado humano bem desenvolvido proporciona uma melhor produtividade na equipe inteira. Isso porque quando nos sentimos acolhidos e à vontade em algum espaço, a produtividade é bem maior. 

Dessa forma, torna- se mais fácil trabalhar e dar tudo de si dentro de uma empresa que te enxerga como um indivíduo e não apenas como uma máquina. 

Quando aplicar a habilidade conceitual?

A habilidade conceitual envolve o conhecimento geral sobre a empresa, por isso é tão requerida entre os gerentes. 

Quanto maior a facilidade que uma pessoa tem em observar a organização e seus processos como um todo, melhor será a sua carreira como gerente. 

Além disso, em relação à equipe, é uma habilidade essencial a se desenvolver, visto que é possível reunir todas as ideias e sugestões dos membros e determinar o que funciona e o que não pode ser aplicado. 

Como manter a sua equipe motivada

Certamente um dos maiores desafios que as empresas enfrentam hoje é esse: como manter seus colaboradores motivados no contexto atual de home office? Além da situação do próprio país, a questão profissional preocupa muita gente. 

Diante da necessidade de mudar todo o ambiente empresarial para dentro de casa, já era de se esperar que mudanças relacionadas à forma de trabalhar ocorreriam. Por isso, o maior desafio dos gerentes atualmente é manter sua equipe engajada. 

Existem diversas estratégias para motivar os colaboradores, entretanto, a melhor forma de colocá-las em prática é através do desenvolvimento das habilidades que conversamos antes. 

Um gerente pronto para assumir sua equipe e saber o que é melhor para cada funcionário precisa de todas as áreas bem desenvolvidas, justamente para ter certeza do que irá funcionar ou não. 

Por isso, antes de lançar mão de inúmeras estratégias, é preciso avaliar o ambiente, a condição dos membros da equipe e planejar a melhor forma de engajá-los novamente no trabalho a ser feito. 

Para complementar, veja nosso vídeo em que explicamos como manter sua equipe motivada durante um projeto:

Se você quiser mais dicas sobre como manter sua equipe engajada, não deixe de conferir nosso artigo sobre esse assunto. 

E se você gostou do nosso conteúdo, não deixe de acessar o nosso blog e conhecer outros materiais sobre diversos assuntos da área que preparamos. 

Com certeza você vai acabar descobrindo conteúdos incríveis que vão te ajudar a transformar a sua vida profissional!

Autor

Sou graduado em Jornalismo pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), pós-graduação em Jornalismo Esportivo pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG), especialização em revisão pela Unicamp, além de cursos de revisão e otimização de textos pela Rock Content.

Escreva um Comentário