7 exemplos de empresas que aplicam o Lean Manufacturing

Grande parte das companhias mais bem-sucedidas do mercado são empresas que aplicam o Lean Manufacturing. Cada uma, de acordo com seu padrões, está preocupada em criar e manter um negócio bem estruturado e que gera resultados.

Por isso, as organizações que fazem sua gestão de produção seguindo os princípios da manufatura enxuta não só crescem como são capazes de inovar no seu setor de atuação.

A metodologia do Lean Manufacturing é uma iniciativa que busca eliminar desperdícios, isto é, excluir o que não tem valor para o cliente e imprimir velocidade à empresa. 

Por representar uma forma de produzir cada vez mais com cada vez menos, foi denominado produção enxuta por James P. Womack e Daniel T. Jones, em seu livro “A máquina que Mudou o Mundo“.

Curioso para saber quais são as empresas que aplicam o Lean Manufacturing com sucesso no mercado mundial? Continue lendo e confira a lista completa. 

Leia também: 10 ferramentas do Lean Manufacturing: funções e benefícios.

7 empresas que aplicam o Lean Manufacturing | LISTA

1. Toyota

Não fosse o pioneirismo da Toyota talvez a indústria automobilística não tivesse evoluído com tanta rapidez e qualidade como vimos ao longo do anos. 

O Lean Manufacturing é uma filosofia de gestão derivada principalmente do Sistema Toyota de Produção (TPS), um sistema integrado que compreende filosofia e práticas de gestão.

O TPS ajudou a criar uma estrutura organizacional focada em integrar pessoas com as tecnologias disponíveis no local do trabalho. 

Também conhecido como Toyota Way, os principais objetivos do Sistema Toyota de Produção são prever com antecedência sobrecarga e inconsistências e eliminar o desperdício.

O desperdício não se refere apenas a materiais, mas também ao tempo do consumidor esperando por um produto ou assistência técnica e até mesmo desperdício de movimento.

Venha conhecer no vídeo abaixo quais desperdícios também devem ser evitados nas empresas no vídeo abaixo:

.

Entre as empresas que aplicam lean manufacturing, a Toyota é um grande destaque, pois através da metodologia aplicada internamente foram criando conceitos importante para negócios de todos os setores. 

2. Nike

Do setor automobilístico para o de calçados e vestuário, a Nike é outra das empresas que aplicam o lean manufacturing com sucesso.

Assim como outros negócios, a Nike conseguiu obter menos desperdício e maior valor para o cliente, além de outros benefícios inesperados.

O lean manufacturing reduziu em 15% as práticas de trabalho ruins nas fábricas da empresa localizadas no exterior.

A implantação do lean manufacturing valorizou mais o esforço das equipes de trabalho. Essa motivação do time, por sua vez, influenciou positivamente a performance da empresa como um todo.

A metodologia Lean também reforçou a conscientização ambiental da Nike que já trabalhou com ONGs e fabricantes parceiros em projetos de sustentabilidade.

Algumas das iniciativas de destaque foram:

  • a Fair Labor Association com quem a Nike criou indicadores de desempenho e fornecimento sustentável;
  • a Sustainable Apparel Coalition em parceria com a Agência de Proteção Ambiental dos EUA e outros fabricantes para economizar dinheiro em energia e materiais residuais.

3. John Deere

A multinacional John Deere é outra das empresas que aplicam lean manufacturing com sucesso no setor de produção de equipamento industriais, máquinas e implementos agrícolas. 

Para alinhar sua produção com os princípios lean, a empresa que é a maior fabricante de produtos agrícolas do mundo, investiu um orçamento de US$ 100 milhões.

A filosofia de gestão Lean transformou os processos e, principalmente, a mentalidade da equipe de engenharia de fabricação, identificando atividades que não agregavam valor e eliminando-as.

Muitos mecanismos de controle de qualidade foram 100% automatizados, o que resultou em mais peças verificadas quanto a defeitos em um período mais curto.

O resultado foi mais produtos saindo diariamente e oferecidos ao consumidor por um preço menor.

O lean manufacturing também foi usado ​​para monitorar a produção de cada parte do processo de produção. Isso permitiu a empresa passasse a não produzir mais do que o necessário e gastar materiais valiosos no processo.

Curso gratuito online de Lean Manufacturing

4. Intel

A Intel é a maior fabricante de soluções e produtos de informática do mundo. 

Das gerações de processadores, passando por softwares até computador e notebooks, a Intel é uma das empresas que aplicam o lean manufacturing para fornecer soluções de qualidade.

Trabalhando com itens tão precisos e técnicos, a Intel logo percebeu que produzir mais, porém com qualidade inferior não era o caminho para melhorar os lucros e aumentar a satisfação do cliente.

Saiba mais sobre as melhores formas de prestar atenção no seu cliente no nosso vídeo abaixo:

.

A partir do momento em que passou a implementar técnicas de controle de qualidade e de redução de resíduos, a Intel se tornou uma das empresas que aplicam lean manufacturing mais bem-sucedidas.

5. Ford

Henry Ford foi o fundador da empresa automobilística Ford e um visionário que lançou as primeiras discussões sobre resíduos nos anos 1910. O que torna a companhia outra das empresas que aplicam lean manufacturing com sucesso até hoje.

Em sua autobiografia intitulada “Minha vida, minha obra”, Ford escreveu sobre um fazendeiro carregando água em uma escada, ao invés de instalar canos para evitar o “movimento desperdiçado”.

Assim, ele mostrou como gastos em melhorias geram um aumento na eficiência e redução de desperdícios.

6. Textron

A Textron Systems não só é uma das empresas que aplicam lean manufacturing como tem seus próprios ‘Padrões Lean Six Sigma Textron’.

O manual é um conjunto de ferramentas e técnicas aplicadas em todas as áreas funcionais da empresa para eliminar desperdícios, reduzir variações e impulsionar o crescimento e a inovação no negócio.

Complete sua leitura: 5 princípios de Lean Manufacturing para aumentar os lucros.

7. Kimberly-Clark Corporation

A Kimberly-Clark é outra das empresas que aplicam o Lean Manufacturing com sucesso. A implementação da metodologia lean veio com a ajuda de uma consultoria terceirizada que revisou todo o processo de logística da empresa.

Antes disso, os funcionários da fábrica estavam insatisfeitos com os longos turnos e as horas extras e o absenteísmo estava em 10%.

O lean manufacturing fez com que a Kimberly-Clark gastasse mais em envolvimento e desenvolvimento da equipe, o que significou uma redução no absenteísmo e uma melhoria na eficiência trazida pela elevação da moral de todos.

Leia também: Top 3: dicas de como montar uma equipe de sucesso.

Do Basic ao Specialist: aprenda tudo de lean manufacturing

O lean manufacturing é um processo que mais empresas continuarão adotando no futuro. Ao reduzir o desperdício e maximizar o valor para o cliente, tanto os consumidores quanto as empresas vão se beneficiar da sua implementação.

A maioria das empresas que aplicam o lean manufacturing viram a genialidade do sistema e tentaram implementá-lo em seus próprios processos com vários efeitos benéficos.

Aprenda mais sobre a gestão lean nos cursos Lean Manufacturing Basic e Lean Manufacturing Specialist da CAE Treinamentos e aplique no seu trabalho.

Se você chegou até aqui e CURTIU o nosso conteúdo, gostaria de te contar que esse é exatamente o nosso propósito, entregar conteúdos de qualidade para que pessoas como você possam alcançar seus objetivos profissionais muito mais rápido.

Disponibilizamos conteúdos diariamente em nossas redes sociais, canal do Youtube e, até mesmo, em nossa comunidade do Telegram. Junte-se a nós e evolua um pouquinho a cada dia!

Autor

Autor de 2 livros publicados: "Lean Six Sigma: O guia básico da metodologia" e "101 Dúvidas sobre Lean Six Sigma". É formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual Paulista - UNESP. Estudou Business and Process Management pela University of Arkansas - EUA, direcionando sua especialização em Lean Seis Sigma. Professor de empresas como BRF, Plasútil, Usiminas, Petrocoque, Avon, Mondelli, UNESP, JohnDeere e de mais de 35.000 alunos na comunidade online. Com mais de 26 mil certificados emitidos, é CEO da CAE Treinamentos, uma plataforma focada em melhoria contínua e gestão de processos.