Gigantes dos alimentos: Veja lições de melhoria contínua na série!

Entenda como a série Gigante dos Alimentos pode ajudar a dar um ampliar as visões de melhoria contínua do seu negócio e saiba como fazê-lo crescer!

O empreendedorismo é uma área que exige muito empenho e dedicação. Isso quer dizer que para se envolver no ramo dos gigantes dos alimentos, é necessário se informar e ter muitas referências para acertar em todos os âmbitos de investimento

Alguns exemplos positivos disso são as empresas KFC e McDonald ‘s, duas marcas altamente conceituadas.

Além disso, atualmente, as empresas têm buscado resultados cada vez mais amplos, fazendo com que a concorrência tenha que enfrentar verdadeiros desafios na hora de emparelhar os índices de mercado. 

Por isso, se não houver uma melhoria contínua, fica fácil ser deixado para trás no cenário competitivo.

É por isso que os gigantes dos alimentos acabam investindo pesado não apenas na qualidade de seus produtos, mas também na divulgação da própria marca e, principalmente, na qualidade do pessoal contratado para garantir um bom atendimento e, também, uma resposta rápida em suas franquias.

Neste artigo, você vai saber um pouco mais sobre o processo de melhoria contínua e como grandes empresas conseguiram se manter no topo. 

Assim, o seu empreendimento pode se inspirar nos melhores casos e, consequentemente, conseguir crescer de modo gradativo. Aproveite e boa leitura!

O que é melhoria contínua?

Melhoria contínua

A melhoria contínua é um método adotado pelos gigantes dos alimentos com o principal objetivo de ampliar os resultados de suas empresas, tornando-os cada vez melhores. 

Além disso, priorizar o processo de evolução acaba gerando mais eficiência e eficácia dentro do seu negócio.

O processo pode ser visto como um ciclo, visto que não tem fim. Assim como o próprio nome já explica, é necessário estar em constante melhoria para não ser deixado para trás

Além disso, diante de um cenário tão competitivo na atualidade, a inovação e o bom desempenho contam mais do que qualquer outra coisa.

Para seguir os passos dos gigantes dos alimentos, é necessário estar atento a alguns pilares que se relacionam com a melhoria contínua:

  • Benefícios coletivos: a mudança empregada deve trazer benefício para um grupo, não apenas individual. Dessa forma, todos os processos adotados por uma empresa poderão estar englobados;
  • Ampliação da cultura: a melhoria contínua não se trata apenas de ampliar os seus processos, mas também de modificar toda a cultura de uma empresa. Sendo assim, é preciso encará-la como uma filosofia para o seu negócio;
  • Continuidade: a continuidade é um dos pilares mais importantes, sendo necessário se manter em uma linha para garantir que o processo traga sucesso e mais eficiência para a sua empresa, assim como foi para os gigantes dos alimentos.

Empreendedorismo/negócios e melhoria contínua

A melhoria contínua está muito ligada com o empreendedorismo e com os negócios, visto que ela pode, e deve, ser aplicada com o intuito de tornar a sua empresa ainda mais competitiva

O ditado popular “quem não arrisca, não petisca” faz muito sentido quando paramos para encarar o cenário atual, onde centenas de marcas estão competindo por uma boa posição.

Além disso, existem algumas formas fáceis de aplicar a melhoria contínua no seu negócio, assim como os gigantes dos alimentos fizeram. Confira, abaixo, quais são as maneiras mais simples de alcançar resultados.

Faça medições

A qualidade é um conceito extremamente importante para que uma empresa possa crescer. No entanto, para que se possa medir algo, é necessário fazer uma boa avaliação do que se busca. 

Sendo assim, defina o que é qualidade na sua linguagem empresarial e como ela pode ser alcançada por meio dos colaboradores e procedimentos.

Tenha foco

Ter foco é um dos principais pilares difundidos pelos gigantes dos alimentos, aliado à criação de metas

Isso porque ele se torna extremamente necessário para aplicar a melhoria contínua, aplicando conceitos e encontrando pontos específicos que podem ser amplificados e, também, gerar resultados muito mais consistentes.

Padronize

A padronização também é um pilar extremamente importante que precisa ser discutido. 

Por meio de um padrão é possível fazer com que as melhorias sejam devidamente estabelecidas, bem como fazer com que os benefícios de um produto ou serviço se mantenham mesmo durante o processo de produção.

Lições que o McDonald’s tem a oferecer

Ninguém tem dúvida que o McDonald ‘s está entre os gigantes dos alimentos e, por isso, ele precisa ser extremamente respeitado nos caminhos que trilhou até receber toda a fama que tem hoje. 

Por isso, confira quais são as principais lições que essa grande rede tem a oferecer para quem deseja se desenvolver cada vez mais.

Atenção ao seu negócio

A principal lição que o McDonald’s estabelece é a de estar sempre atento ao seu próprio negócio, além de aproveitar todas as oportunidades que possam surgir e elencar uma boa gestão. 

As dificuldades pelas quais Ray Kroc passou eram gigantescas, mas ele deu uma dose de entusiasmo em si mesmo e continuou a investir.

Para saber como gerir o seu negócio da melhor forma possível e entender quais ferramentas podem ser muito úteis para ampliar os lucros e facilitar a organização, leia sobre Por que aprender Power Bi.

Auto-motivação gera competência

A auto-motivação é extremamente importante, porque nem sempre é possível ter recursos para investir em uma cadeia de lanchonetes. Por isso, Ray Kroc precisou inovar e se motivar para conseguir alcançar bons resultados.

Traçar objetivos pode ser um diferencial

Traçar objetivos é um dos grandes marcos dos gigantes dos alimentos. Isso porque o fundador do McDonald’s sempre teve grande facilidade em se comunicar e acabou se aproveitando dessa característica para motivar os seus funcionários e fazer com que eles buscassem por melhorias.

Criatividade e inovação mudam o mundo

Sem dúvida alguma, para o fundador do McDonald’s, a criatividade e a inovação sempre foram grandes diferenciais para a sua empresa

Tanto que o próprio Ray Kroc teve a inteligência de se aproveitar de suas características para levar a própria empresa ao sucesso, além de acreditar em seu sucesso a longo prazo.

O bom-humor sempre deve ser um aliado

Para os gigantes dos alimentos, é importante manter o bom-humor. Trabalhar em um ambiente hostil não é nada motivador para os colaboradores, muito menos para quem está à frente da empresa. 

Por isso, manter os funcionários motivados e felizes é uma boa ideia para incentivar o seu crescimento e consolidação no mercado.

Assim, uma das maiores competências apresentadas por Ray Kroc era a sua capacidade de retirar o melhor desempenho de todas as pessoas que estavam ao seu redor, bem como conseguir fazer com que elas trabalhassem em equipe de maneira equilibrada e sem maiores problemas.

Lições que o KFC tem a oferecer

O KFC, sem dúvida alguma, também se enquadra entre os gigantes dos alimentos, principalmente por causa de seu lucro anual. A empresa tem crescido muito nos últimos anos e é exatamente por isso que ela merece reconhecimento. 

Para quem está começando a empreender agora, há muitas lições que podem ser assimiladas de sua história de sucesso. Confira algumas abaixo:

Comece a qualquer momento, mas com planejamento

Um dos principais fatos que pode motivar qualquer um a investir em seu próprio negócio é que Harland Sanders apostou em si mesmo aos 65 anos, ainda que as suas tentativas tenham falhado muitas vezes até aquele ponto da história.

Isso quer dizer que não há um momento certo na vida para investir. No entanto, é necessário que haja planejamento, porque uma empresa exige atenção e, além disso, precisa ser gerida adequadamente. 

Sendo assim, é importante sonhar, mas também é válido colocar toda a trajetória em um papel.

Para ter um pouco mais de segurança na hora de investir, é importante ter um conhecimento acerca do Green Belt, um método que vai ajudar a adquirir desenvoltura e visão de mercado de maneira rápida e fácil. Confira a nossa aula para entender melhor: Investir no conhecimento Green Belt vale a pena?

Experiência equivale a vantagem

Para reforçar ainda mais a trajetória de um dos gigantes dos alimentos, é válido ressaltar que a experiência pode ser uma verdadeira vantagem dentro do mundo dos negócios. 

Na maior parte das vezes, os empresários mais velhos são aqueles que emitem as ideias mais profundas, pois levam em consideração as suas vivências.

Isso quer dizer que os empresários mais velhos podem acabar se deparando com os melhores nichos que ainda não foram preenchidos dentro do mercado. 

Dessa maneira, a compreensão é alcançada de maneira mais fácil e, consequentemente, os negócios terão um desempenho cada vez melhor.Gostou deste artigo sobre os gigantes dos alimentos? Então não deixe de ler mais no blog da CAE para se familiarizar com o mundo do empreendedorismo e assimilar dicas extremamente necessárias para o seu crescimento.

Autor

Sou graduado em Jornalismo pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), pós-graduação em Jornalismo Esportivo pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG), especialização em revisão pela Unicamp, além de cursos de revisão e otimização de textos pela Rock Content.

Escreva um Comentário