Produtividade no home office: como aumentar e gerenciar?

Está sem tempo de ler este artigo sobre produtividade home office? Confira nossas dicas no podcast. É só clicar no play!

Dentre todos os nichos e áreas diretamente afetadas pela pandemia, o trabalho se destaca em relação à necessidade de adequação a diferentes modalidades, incluindo a necessidade de gerenciamento de home office.

Especulações sobre a situação da economia nacional nos próximos meses e uma possível crise empregatícia surgem a todo instante, deixando todo mundo ansioso e sem saber o que fazer. 

Além disso, muitos dos colaboradores de grandes empresas tiveram que, pela primeira vez, conhecer os benefícios e malefícios de trabalhar em casa.

Além disso, tentar manter a produtividade no home office se tornou um dos maiores desafios para empresas e colaboradores.

Nessa modalidade mantém-se a mesma carga horária dos dias comuns, mas com a diferença de estar em casa 100% do tempo.

Esse fator que para alguns é um incentivo na produção, para outros é um influenciador direto para procrastinar tarefas e reduzir a produtividade.

Além disso, muitas dúvidas surgem e assustam os trabalhadores, por exemplo: como ter uma disciplina? Como não se distrair? Como continuar entregando a mesma qualidade, em casa? Como controlar os processos à distância? 

Para te ajudar, separamos aqui várias dicas sobre home office , produtividade no home office e como manter suas atividades sempre em dia.

Desse modo, você poderá continuar sendo útil para a sua empresa e apresentando o mesmo rendimento que sempre demonstrou. Continue acompanhando para saber mais!

Trabalho presencial x Trabalho home office

Realizar a gestão de uma equipe e cobrar por produtividade no home office com toda a certeza é um dos maiores desafios dos chefes nos dias atuais, em meio a crise que enfrentamos.

Afinal, calcular as horas do dia de acordo com a demanda apresentada não é fácil e pode proporcionar diagnósticos injustos.

Quando todos estão na modalidade presencial, regular os trabalhos realizados ao longo do turno não é difícil.

Ligações, trocas de e-mail e escapadas no celular podem ser observadas a todo tempo pelo administrador.

Desse modo, é mais fácil fazer uma análise de qual colaborador está se dedicando mais as tarefas designadas.

Isso sem contar que no formato presencial parece mais fácil estimular o espírito de equipe e engajar os colaboradores.

Já o gerenciamento em home office deixa a situação bem diferente. Com o gestor longe, muitos colaboradores sentem-se livres para não cumprir o horário, bem como realizar as tarefas da maneira mais lenta possível.

Sendo assim, é essencial que o responsável por gerir equipes de alta performance elabore uma maneira eficiente e eficaz de examinar a produtividade no home office, acompanhando cada um de seus subordinados.

Uma comunicação ativa e constante com todos os membros da equipe, seja através de reuniões online ou de um grupo no WhatsApp, ajuda bastante.

Porém, ela não é suficiente para definir a exatidão das demandas realizadas e o quanto cada colaborador tem se esforçado em sua função.

Como ampliar a produtividade no home office? [Dicas]

É fato conhecido que a grande maioria da população só experimentou trabalhos na modalidade tradicional ao longo de sua carreira.

Sendo assim, não é nenhuma surpresa que grande parte enfrente dificuldades para produzir em casa e não se adaptem a essa mudança.

Afinal, esse ambiente proporciona distrações de todos os tipos, e para quem não está acostumado, elas se transformam em canais de fuga das tarefas a serem realizadas.

Pensando em te ajudar organizamos algumas dicas para gestores e profissionais terem uma melhor experiência com home office. Confira nossas dicas de trabalho home office!

1. Crie uma rotina

O primeiro passo de como se organizar para trabalhar em home office é estabelecer uma rotina em casa, de preferência, parecida com a que já se tinha no trabalho.

Abrir as mesmas abas no navegador, checar o e-mail e cumprir uma ordem de funções, criada de acordo com as prioridades repassadas.

Uma dica de como se organizar para trabalhar em home office é aplicar o método GTD, sigla para “Getting Things Done”.

Estamos falando de uma ferramenta criada para que as pessoas aproveitem o tempo de forma mais eficiente e resolvam o que é realmente necessário e deleguem ou adiem tarefas não são urgentes.

Indicamos que leia mais sobre esse assunto no artigo, Método GTD: o que é?”.

2. Defina momentos de pausa

Vale dizer que dar aquela olhadinha nas redes sociais ou na televisão é comum e não deve ser incriminado. 

Afinal, durante o turno de trabalho também conversamos com os colegas e realizamos uma pausa para fazer aquele lanche.

Porém, deve-se estabelecer um tempo máximo para isso e evitar que se torne um hábito, atrapalhando a produtividade no home office.

3. Crie uma lista de atividades do dia

Na noite anterior faça uma lista de atividades, tarefas e pequenos (ou grandes) compromissos que você deverá executar no dia seguinte. Assim você terá uma visão mais ampla do dia e conseguirá se concentrar.

Caso a dificuldade seja em seguir a rotina estabelecida, algumas dicas podem ser bastante úteis, como exemplo:

  • Criar um ambiente apenas para o trabalho, como um mini escritório;
  • Estabelecer pausas de 10 minutos em horários específicos, no máximo 3 vezes ao dia;
  • Trocar de roupa antes de iniciar o turno, colocando um vestuário mais profissional;
  • Realizar contato com os demais membros da equipe durante o dia, contando sobre novos casos específicos e compartilhando demandas;
  • Evitar realizar refeições enquanto trabalha, pois elas retiram o foco das tarefas.

Como controlar processos no trabalho home office

produtividade no home office

Se os gestores possuem dificuldades em cobrar por produtividade no home office, a tarefa fica mais difícil ainda quando se trata de acompanhar os processos.

Isso porque esse trabalho costuma ser facilitado quando se tem o contato direto com a equipe.

Em conclusão, é muito mais simples perguntar para os responsáveis qual o status atual da situação do que realizar a investigação completa através de sistemas e sem estar presente.

No entanto, mesmo que em casa essa atividade se complique, ainda assim precisa ser realizada com frequência. Afinal, ela é fundamental para manter o andamento da operação e não atrasar o planejamento. Dessa forma, confira algumas dicas efetivas para o acompanhamento.

Adote ferramentas para home office

A automação de tarefas repetitivas e a automatização de processos é sempre uma boa opção.

Sendo assim, fazer uso de ferramentas para home office é ideal para quem deseja ter uma regularidade no trabalho, bem como adquirir de maneira exata as respostas que precise.

Procure por um que possa ser compartilhado com a equipe, no qual todos eles verão os resultados coletivos e individuais.

Com isso, também conseguirão acompanhar e ter uma melhor noção sobre o rendimento do trabalho home office.

Feedbacks diários

Pedir feedbacks diários é uma das opções menos queridas pelos colaboradores, mas a ideal para a gestão.

Através deles pode-se ter uma maior noção sobre as funções determinadas a cada funcionário e se elas estão sendo executadas corretamente.

Faça reuniões semanais

Atualmente, são muitos os aplicativos que oferecem a opção de chamada de vídeo simultânea com várias pessoas, como o Skype e o Hangout.

Sendo assim, faça uso deles para conversar semanalmente com sua equipe e manter todas as ideias alinhadas.

A produtividade no home office está entre os maiores desafios dessa quarentena, porém, com esforço e dedicação ela pode ser mantida sem problemas.

Para se aprofundar mais sobre como fazer a gestão de times remotos criamos um artigo completo sobre “Gestão da Produtividade“. Vale a pena conferir!

Sendo assim, continue acompanhando o nosso blog para saber mais dicas e manter-se sempre atualizado nas novidades do mercado! Não se esqueça de se inscrever no nosso canal do YouTube e curtir nossa página do Facebook para ficar por dentro de todas as novidades!

Autor

Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual Paulista - UNESP. Estudou Business and Process Management pela University of Arkansas - EUA, direcionando sua especialização em Lean Seis Sigma. Tornou-se Master Black Belt e hoje está à frente da CAE Treinamentos, ministrando cursos e realizando consultorias na área.

Escreva um Comentário