Sistema Toyota de Produção: o que é como aplicar na sua empresa?
Sistema-Toyota-de-Produção

Você sabe como funciona o Sistema Toyota de Produção? Com certeza, você já deve ter ouvido falar sobre esse método. Para ser aplicado com exatidão, esse método deve ser entendido de maneira clara e objetiva e ter seus pilares bem definidos.

O que é Sistema Toyota de Produção?

O Sistema Toyota de Produção, ou TPS (sigla do sistema em inglês: Toyota Production System), é um modelo estratégico que visa reduzir desperdícios e aumentar as vendas. Para que isso seja possível, o TPS possui alguns pilares, como o Jidoka e o Just-in-time, que serão explicados adiante.

 Se você quer saber mais sobre os fundamentos do Sistema Toyota de Produção, venha conosco neste artigo. Aqui, explicaremos o TPS desde o seu surgimento até as influencias do método para uma produção mais enxuta. Boa leitura!

Como surgiu o Sistema Toyota de Produção?

A Segunda Guerra Mundial exigiu mais eficiência das grandes fábricas japonesas durante os processos produtivos. Isso, porque, além de ter um território pequeno, o Japão foi duramente devastado pela guerra. Com a mão de obra diminuída e pouca matéria prima, as fábricas japonesas foram duramente afetadas durante o pós-guerra.

A escassez fez com que a Toyota tivesse de se reinventar e ajustar sua produção ao poder de compra da população. Se uma empresa produzisse mais do que o necessário, o prejuízo poderia ser enorme.

Taiichi Ohno, o pai do Sistema Kanban

O jovem engenheiro Taiichi Ohno tinha a missão de aumentar a produtividade da Toyota. Durante uma viagem aos Estados Unidos, em 1953, Ohno reparou que os clientes pegavam os produtos das prateleiras dos supermercados somente no momento e na quantidade necessárias.

De volta ao Japão, Ohno desenvolveu a técnica Kanban. A ferramenta idealizada pelo engenheiro funcionava através de um cartão, cujo objetivo era regular a produção de peças automotivas de acordo com a demanda.

Em 1988, Taiichi Ohno lançou o livro “O Sistema Toyota de Produção: Além da Produção em Larga Escala”. A obra destaca os impulsos sociais e econômicos da criação do Sistema Toyota de Produção.

Leia mais: 9 livros sobre Lean Manufacturing para sua lista de leitura

Quais são os pilares do Sistema Toyota de Produção?

Sistema Toyota de Produção

Manufacturing Workers Images | Free Vectors, PNGs, Mockups & Backgrounds – rawpixel

O Sistema Toyota de Produção passou por mudanças ao longo do tempo. Hoje, podemos dizer que o TPS mantém qualidade do produto final; reduz o desperdício diminui custo da fabricação.

O QUE SÃO OS 5S? Aplique 5S NA EMPRESA com um ESTUDO DE CASO da TOYOTA!
  • Jidoka

O Jidoka é um princípio japonês criado para a reparação imediata durante a fabricação do produto final. Isso é super importante, pois a produção de uma peça defeituosa resulta em desperdícios e prejuízos inesperados.

Para evitar danos, o monitoramento deve ser feito sempre por pessoas. Sozinhas, as máquinas não s capazes de interromper o processo quando erros acontecem. Um quadro mínimo de funcionários para monitoramento do processo é vital para a manutenção da qualidade do produto final.

  • Just-in-time (JIT)

O Just-in-time, também conhecido como JIT é o segundo pilar do Sistema Toyota de Produção. Seguindo a filosofia de produzir sempre o necessário, na quantidade necessária e no momento necessário, o JIT define que só haverá produção se houver demanda justificável.

O Just-in-time (em português, “na hora certa”) evita o excesso de estoques e a desvalorização do produto. Esse método vai além da produção de peças e abrange a gestão como um todo, o que vai desde o início da produção até a própria organização do trabalho em si.

O que é Just in Time? Entenda como funciona, vantagens e desvantagens

  •  Heijunka

A palavra Heijunka, em japonês, significa nivelamento. No universo empresarial, ela é entendida como um processo equalizador da produção, o que vai ao encontro do principal objetivo do Sistema Toyota de Produção proposto por Ohno, que é a produção de acordo com a demanda.

Heijunka – Papo Lean EP. 08 – YouTube

Além de impedir o prejuízo de uma produção exagerada, o Heijunka evita que os funcionários trabalhem de maneira sobrecarregada. Como cada um deles trabalhará de acordo com uma demanda específica, a qualidade da produção será ainda maior.

  • Padronização do trabalho

A padronização do trabalho é responsável por introduzir um procedimento padrão a todos os envolvidos no processo e evitar prejuízos ao produto final.

Essa padronização é crucial para que a precisão durante a elaboração de um produto esteja no seu topo, pois ajuda os funcionários a saber o que deve ser feito, em quanto tempo o produto deve ser finalizado e quais materiais ou recursos devem ser utilizados.

  • Kaizen

KAIZEN: O que é? Como usar? Saiba agora mesmo! – YouTube

A padronização do trabalho passa por constantes avaliações para garantir a melhoria contínua dos processos. O método Kaizen é o responsável pela melhoria contínua dentro do Sistema Toyota de Produção.

O Kaizen estimula uma cultura organizacional de constante melhoria nos processos produtivos numa empresa através de três etapas: preparação, evento e follow-up. 

Confira o nosso artigo sobre o método Kaizen e saiba aplicá-lo à sua empresa!

Método Kaizen: como revolucionar a produtividade da empresa!

Por que aplicar o Sistema Toyota de Produção?

(Sistema-Toyota-de-Produção)

Happy Workers Images | Free Vectors, PNGs, Mockups & Backgrounds – rawpixel

Agora que você sabe como aplicar o Sistema Toyota de Produção, entenda quais serão os benefícios que sua empresa terá ao colocar esse modelo em prática.

O principal benefício é, sem dúvidas é a redução de desperdícios durante todo o processo de produção. Aplicado de forma correta, o TPS pode trazer diversos benefícios para a sua empresa, tais como:

  • Aumento do desempenho: a aplicação do método Kaizen foca na melhoria contínua e mantém a competitividade de sua empresa no mercado.
  • Qualidade de serviços e produtos: Quanto menores os desperdícios, menores os erros durante a produção e, também, na prestação de serviços ao cliente. A qualidade é fundamental para manter seus produtos o seus serviços no topo; 
  • Zero superprodução e maior engajamento dos colaboradores: Eliminar a superprodução é importante para que os colaboradores não se sintam desvalorizados e estressados. O Sistema Toyota de Produção estimula os seus funcionários a contribuir com os processos e valoriza suas ideias.

Se você chegou até aqui e CURTIU o nosso conteúdo, gostaria de te contar que esse é exatamente o nosso propósito, entregar conteúdos de qualidade para que pessoas como você possam alcançar seus objetivos profissionais muito mais rápido.

Disponibilizamos conteúdos diariamente em nossas redes sociais, canal do Youtube e, até mesmo, em nossa comunidade do Telegram. Junte-se a nós e evolua um pouquinho a cada dia!

Autor

Sou graduado em Jornalismo pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), pós-graduação em Jornalismo Esportivo pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG), especialização em revisão pela Unicamp, além de cursos de revisão e otimização de textos pela Rock Content.

Escreva um Comentário