8 exemplos de redução de custos em uma empresa

A situação financeira atual não é das mais favoráveis e, por isso, é cada vez mais comum ver as empresas trabalhando em margens justas. Como resultado, é comum ver os empresários buscando diminuir os custos das empresas. Neste artigo, vamos apresentar 8 exemplo de redução de custos em uma empresa e quais os benefícios que a organização terá com tais ações. Confira:

Exemplo de redução de custos em uma empresa

Limitar as despesas da organização não precisa ser um momento de desespero; basta observar com mais cuidado alguns aspectos da empresa que podem não parecer à primeira vista, mas permitem ser limitados de forma estratégica, mantendo em mente sempre os objetivos do negócio. Ainda tem dúvidas? Veja algumas dicas e exemplos de de redução de custos em uma empresa:

Mapeie e analise os processos

Por exemplo: vamos imaginar que uma empresa de determinado setor está pagando uma taxa mensal para utilizar dois sistemas de gestão para fazer processos diferentes. Porém, não seria muito mais eficiente pagar por apenas um software que abrace todos os projetos e, portanto, custe menos?

Para identificar oportunidades de redução deste tipo, é essencial fazer um mapeamento detalhado e cuidadoso das atividades realizadas dentro da organização. Depois de realizar uma análise minuciosa – e crítica – da situação atual dos problemas da empresa, é preciso mapear as atividades. Quando for analisar os processos internos, é bem provável que você descubra alguns que poderiam ser cortados sem afetar o desempenho da rotina da equipe.

Invista – de verdade – em tecnologia

Já que estamos falando de sistemas, é bastante comum ver empresas tradicionais insistindo em apresentar grande resistência na hora de automatizar processos. Por mais confiável que o trabalho manual possa parecer a um olhar tradicional, a tecnologia traz uma grande otimização para a gestão.

Por isso, para encontrar os gastos desnecessários e cortá-los, também é importante verificar sempre as ferramentas utilizadas na organização. Será que o custo-benefício delas vale a pena? Às vezes, investir em novos equipamentos pode ser melhor do que tentar realizar manutenções e consertos; afinal, os novos dispositivos vão conferir muito mais produtividade para o time e ainda reduzem os custos que os equipamentos anteriores causam.

Tenha um olhar crítico sobre os processos

Pode não parecer, mas desenvolver o hábito de revisar os processos e métricas constantemente pode direcionar pode abrir questionamentos para repensar, afinal, quantos processos e colaboradores a empresa precisa ter. Se a equipe estiver com um número de pessoas, porque não contratar mais um funcionário? Isso pode ajudar a triplicar a produção e, claro, o faturamento. Entretanto, é preciso que haja mercado para que os resultados sejam positivos. 

Não tenha medo de home office

Todo gestor sabe como não é barato alugar um escritório, gerenciá-lo e ainda realizar os pagamentos dos colaboradores. Se a rotina permitir, que tal incentivar a equipe a trabalhar em home-office? 

Há diversas ferramentas e softwares que permitem que todo o time esteja a par do andamento das atividades. Além disso, pode ter certeza de que os colaboradores irão agradecer a mudança, pois isso reduz gastos e estresse com transporte e alimentação.

Faça bom uso da sustentabilidade

Imaginar um escritório cheio de papéis, documentos e pastas com ar-condicionado ligado o tempo inteiro não parece algo muito agradável, certo? Por isso, busque praticar ações sustentáveis que se refletem na redução de gastos. Você pode começar substituindo as lâmpadas normais por iluminação natural ou, se for necessário, lâmpadas fluorescentes.

Além disso, vale também buscar diminuir o uso do ar-condicionado e abrir as janelas de vez em quando. Outra ação que causa grandes impactos é incentivar que os colaboradores se comuniquem por e-mail, pois isso reduz o gasto com papel e tinta de impressora. Incentive também o uso de canecas como uma forma de reduzir e até cortar os gastos com copos plásticos.

Repense os fornecedores

Pode não parecer, mas uma reavaliação dos fornecedores tem impacto significante na redução de custos em uma empresa. É comum que os fornecedores escolhidos estejam trabalhando com as empresas há tanto tempo que se tornaram parte um processo que não faz mais sentido nos dias atuais, de tão desatualizado.

Ao ficar muito tempo com os mesmos fornecedores, você pode estar perdendo boas oportunidades de negócio e, portanto, de economia. De tempos em tempos, vale a pena checar novos fornecedores. Se não for possível, busque ao menos tentar renegociar as condições para conseguir a redução dos custos em uma empresa.

Estoque parado deve ser evitado

Há empresas que têm receio de não terem os produtos em estoque e, por isso, preferem fazer grandes compras. O problema desta prática é que, dependendo do produto, não é possível garantir que todos eles serão comercializados. Deixá-los parados no estoque significa perder dinheiro.

Lembre-se sempre que a vida útil de diversos produtos é curta, e que os consumidores estão buscando novidades constantemente. 

Verifique a qualidade da produção 

Imagine uma empresa que produz peças para computador. Estes produtos têm uso bem específico, de modo que, caso sejam enviados para o mercado com defeitos de fabricação, causarão prejuízos tanto para os clientes quanto para as empresas. Seja pela falta de treinamento da equipe, seja pela falta de equipamentos adequados, o resultado é o mesmo: produtos defeituosos vão demandar mais tempo e recursos financeiros da empresa. Por isso, fique atento aos processos para evitar erros e consequentes prejuízos. 

 

Para seguir com seus conhecimentos sobre exemplo de redução de custos em uma empresa, sugerimos as seguintes leituras:

Plano de Ação de Redução de Custos

Como reduzir custos fixos de uma empresa?

Como reduzir custos na empresa: 4 estratégias rápidas e fáceis

Não se esqueça de curtir nossa página do Facebook, se inscrever em nosso canal do Youtube e ficar de olho nas publicações do nosso blog para ficar sempre por dentro das novidades!

Autor

Jornalista e social media formada pela Unesp.

Escreva um Comentário