Cultura Organizacional: como criar e fortalecer a sua equipe

A cultura organizacional consiste em um conjunto de elementos que ditarão como a empresa irá se relacionar com as pessoas. 

Esses elementos, como valores, crenças, costumes e hábitos, criam uma cultura organizacional na equipe que será responsável por definir o modo como a empresa se posiciona no mercado e os resultados obtidos através dele. 

Antes de criar a cultura organizacional da sua equipe é preciso que você conheça os principais tipos dela, para que assim, após definida, você possa utilizá-la para ser um guia das decisões a serem tomadas na organização. 

Criando ações, posicionamentos, contratações, padrões de processos, treinamentos e ademais, baseados nessa cultura.

Nesse artigo você irá aprender a como criar uma cultura organizacional na equipe de uma empresa, reconhecendo os pontos fracos que devem ser descartados ou repensados e os fortes que devem ser aproveitados ou melhorados. 

Há algumas medidas que se deve tomar para que isso ocorra da melhor forma que serão mostradas aqui. Quer saber quais são elas? Então, acompanhe o texto até o final! Boa leitura!

Os tipos de cultura organizacional 

Saber quais são os principais tipos de cultura organizacional é fundamental para que você conheça aquela a qual se encaixa melhor com o perfil da empresa em que trabalha e a partir daí, tomar ações que estejam sempres relacionadas a ela para que assim você saiba como criar cultura organizacional na equipe que seja forte e clara para todos que se relacionarem com ela.

Uma cultura organizacional definida ajudará a sua equipe a criar planejamentos e estratégias que correspondam com a missão, visão, valores e costumes que foram definidos previamente através dela. 

Um estudo conduzido por Charles Handy, filósofo irlândês, em 1996, usou como referência a mitologia grega para exemplificar e denominar os quatros tipos de cultura organizacional. Foi usado para isso, os quatros deuses da mitologia: Zeus, Apolo, Atena e Dionísio cada um sendo ligado a um tipo de cultura, sendo elas e suas características, respectivamente:

1. Cultura do poder 

O poder ficará concentrado na mão de uma pessoa só, geralmente o próprio empreendedor ou um gerente. Isso levará aos funcionários serem mais competitivos, pois para haver recompensas deve haver um grau de intimidade com os líderes.

A liderança tem como característica ser impulsiva e patriarcal mas também carismática, pois o foco sempre estará nos resultados e para isso os líderes são mais firmes e rigorosos.

Pontos Fracos: 

  • Probabilidade de conflitos internos;
  • Falta de inovação nos processos da empresa;
  • Ausência do senso de coletividade;
  • Profissionalismo e ética são raros;
  • Crescimento momentâneos.

2. Cultura de papéis

Os processos tendem a ser bem estruturados, com rotinas e funções estabelecidas mas com pouca flexibilidade. O foco principal aqui é o desempenho dos colaboradores, que têm suas funções definidas de forma clara .

Nessa cultura, os processos são sempre os mesmo, com pouca inovação porque creem que isso traz riscos mais baixos de erros e acidentes no trabalho

Prezam pela ordem e regras estabelecidas.

Pontos Fracos

  • Falta de inovação;
  • Falta de interação entre os colaboradores;
  • Execução mais lenta do trabalho;
  • Inflexibilidade.

3. Cultura de tarefas.

Nessa cultura, o foco está na resolução dos problemas. E para que isso ocorra, os profissionais são contratados especificamente para algumas tarefas e assim agregam conhecimento que facilita a lidarem com diferentes tipos de situação.

Ao contrário das duas primeiras tarefas, essa tende a ser mais flexível pois seu andamento funciona dependendo dos acontecimentos.

A cultura da tarefa tem a criatividade mais valorizada pois o objetivo aqui será a resolução do problema, que será observado através dos resultados da performance.

Ponto fracos:

  • Regras frágeis;
  • Maior risco de problemas.

4. Cultura de pessoas

Aqui o foco é o talento. Colaboradores são recompensados pelo valor que irão gerar para a empresa através do seu conhecimento. Há uma maior possibilidade de crescimento profissional em empresas que adotam essa cultura pois há uma troca mútua de interesses.

A cultura geralmente é usada em startups que buscam talentos que possam inovar as empresas com ideias nunca ou pouco vistas no mercado.

Pontos fracos 

  • Pouco ou nenhum relacionamento com parceiros;
  • Infraestrutura pode estar em segundo plano;
  • Falta de hierarquia.

Escute nosso Podcast e veja quais outros tipos de cultura organizacionais existem!

Diferença entre cultura organizacional forte e fraca?

Apesar dos pontos negativos de cada cultura organizacional, é possível criar e gerenciar cada uma delas para que funcione na sua empresa da melhor forma possível, tornando assim uma cultura organizacional positiva e motivadora para os seus colaboradores.

Para isso, é preciso que você saiba o que faz de uma cultura organizacional forte ou fraca. 

Cultura organizacional forte

Uma empresa que cria uma cultura organizacional na equipe de forma positiva, faz com que todos os seus princípios estejam enraizados por todos os setores da empresa. 

A missão, visão e valores, são de extrema importância para guiar o caminho dessa cultura e fazer com que todos as ações sejam baseadas nela de maneiras fiel. Elas são estabelecidas para que haja um padrão e mostrar qual o posicionamento da empresa.

A empresa sabe como criar cultura organizacional na equipe para os profissionais se sentirem motivados, com as recompensas salariais, emocionais e profissionais sendo os principais responsáveis por isso. 

Uma organização com uma cultura forte se preocupa em manter os princípios desde a seleção e contratação de profissionais até o produto ou serviço final. 

Cultura organizacional fraca 

Uma cultura organizacional fraca não tem compromisso em manter os princípios dela. Geralmente, é confuso para quem vê de fora e para quem trabalha lá.

Os valores não são mantidos, há profissionais desmotivados e desvalorizados o que torna o processo de trabalho cansativo para eles.

Há várias razões para que isso aconteça, abaixo há alguns exemplos do que pode estar acontecendo se uma empresa tiver uma cultura organizacional fraca devido a um ou mais desses motivos.

Falta de objetivos

Os objetivos são criados para facilitar o dia a dia da empresa, com eles fica mais fácil saber aonde chegar e como chegar. Na ausência deles, tudo fica muito confuso, como se você estivesse cumprindo tarefas sem saber onde isso irá levar e qual o resultado vai obter.

Estabelecer metas e objetivos e segui-los é fundamental para qualquer empresa manter a dinâmica de forma clara e objetiva.

Contratação de profissionais

É essencial que o processo de recrutamento e seleção seja condizente com a cultura organizacional da empresa, para que não sejam contratados profissionais que não estão de acordo com os princípios da organização

Ao contratar profissionais que não se encaixam com o perfil da cultura estabelecida, pode ser prejudicial a médio-longo prazo ao perceber que as funções designadas a esse profissional não estão de acordo com o que a empresa quer oferecer.

Falta de treinamento

O treinamento corporativo é essencial para que a empresa fixe em seus funcionários os ideais que devem ser transmitidos e como isso deve ser feito de acordo com cada função .

Para saber como criar cultura organizacional na equipe é preciso que haja investimento em treinamentos para que ao exercerem suas funções não haja muitas dúvidas, vícios de empresas anteriores e uma padronização no processo que seja benéfica para a empresa e os colaboradores.

Hoje em dia, há treinamentos onlines que ajudam as empresas e diminui os custos. A CAE oferece diversos cursos que podem auxiliar sua empresa nesse processo. 

Falta de motivação

Os profissionais precisam se sentir motivados e engajados com o que fazem para poder gerar melhores resultados para a empresa, que deve oferecer recompensas para que eles sintam que são valorizados. 

Uma cultura organizacional deve ter uma boa comunicação interna entre os funcionários da equipe para que eles se sintam à vontade ao serem cobrados e questionados quando necessário e não pressionados e com receios.

Os líderes devem estar sempre em contato com os funcionários auxiliando e monitorando para que os valores da empresa sejam sempre mantidos e as regras cumpridas.

Em nosso canal do YouTube, fizemos um vídeo em que comentamos como manter sua equipe motivada, confira abaixo:

Como fortalecer a cultura organizacional da equipe?

Antes de tudo é preciso que haja um mapeamento a fim de identificar qual ou quais dos motivos estão sendo prejudiciais em como criar uma cultura organizacional na equipe. Ao fazer isso você irá diminuir o tempo e o custo

Existem outras formas de identificar um problema raiz. Confira o vídeo e veja quais são:

Após identificar, saiba quais são as medidas que podem ser tomadas para fortalecer a cultura organizacional da equipe. 

Bom Planejamento

Criar um bom planejamento desde início, fazendo pesquisas, coletando dados e criando estratégias, auxiliar a minimizar os riscos e custos e manter a empresa fiel aos valores que foram definidos. 

Para que a equipe seja motivada é preciso que haja uma boa gestão e um bom comprometimento da cultura organizacional estabelecida

Capacitação e treinamentos

Um bom treinamento é necessário não apenas no momento da recrutação mas também para manter os profissionais atualizados e capacitados com as premissas que a empresa quer oferecer, desenvolvendo os profissionais da sua equipe.

Ao aprender como criar uma cultura organizacional na equipe, você precisará estar disposto a investir na capacitação desses profissionais para que gerem resultados que sejam condizentes com os objetivos estabelecidos. 

Incentivo

Incentivar os profissionais e seus projetos, que vão de encontro com a cultura da empresa, auxilia a mantê-los motivados e gerarem resultados mais satisfatórios para a organização.

Comunicação

A comunicação interna da empresa deve estar bem estruturada e organizada para que haja uma boa relação entre os colaboradores. As informações devem ser sempre transparentes para que não haja conflitos desnecessários.

Se você chegou até aqui e CURTIU o nosso conteúdo, gostaria de te contar que esse é exatamente o nosso propósito, entregar conteúdos de qualidade para que pessoas como você possam alcançar seus objetivos profissionais muito mais rápido.

Disponibilizamos conteúdos diariamente em nossas redes sociais, canal do Youtube e, até mesmo, em nossa comunidade do Telegram. Junte-se a nós e evolua um pouquinho a cada dia!

Autor

Sou graduado em Jornalismo pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), pós-graduação em Jornalismo Esportivo pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG), especialização em revisão pela Unicamp, além de cursos de revisão e otimização de textos pela Rock Content.

Escreva um Comentário